Busca avançada
Ano de início
Entree

Acompanhamento clínico e sorológico de mães e seus respectivos filhos, diagnosticados com infecção prévia pelo Vírus Zika

Processo: 19/16975-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Edison Luiz Durigon
Beneficiário:Marcella Sanches Peres
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/20045-7 - Descoberta de antígenos e desenvolvimento de métodos de diagnóstico sorológico e estratégias vacinais contra o Vírus Zika (ZIKV), AP.TEM
Assunto(s):Virologia   Epidemiologia   Vírus Zika   Recém-nascido   Imunização   Diagnóstico clínico   Testes sorológicos

Resumo

O vírus Zika (ZIKV) é um arbovírus pertencente à família Flaviviridae, gênero Flavivirus. Recentemente a infecção congênita pelo ZIKV foi reconhecida como uma doença emergente no Brasil, tornando-se uma grande preocupação de saúde pública mundial. Além do modo de transmissão vetorial, por espécies do gênero Aedes, destaca-se a transmissão intra-uterina, que ocorre da gestante para o feto durante o período gestacional. A confirmação laboratorial da infecção pelo ZIKV durante a gravidez é um grande desafio devido, principalmente, à reatividade cruzada com outros arbovírus, a grande maioria das infecções serem assintomáticas e o conhecimento limitado sobre a cinética das respostas de anticorpos anti-ZIKV durante e após a gravidez. Além disso, a falta de sintomas na infecção pelo ZIKV durante a gestação não implica necessariamente proteção contra possíveis complicações neurológicas, como a microcefalia, além do comprometimento no desenvolvimento do neonato, atrelado a alterações auditivas, oftalmológicas e/ou comportamentais. Portanto, o objetivo deste projeto é realizar a avaliação clínica e do perfil sorológico de mães e neonatos de uma coorte, com diagnóstico de infecção prévia pelo ZIKV, verificando a cinética da transmissão vertical de anticorpos neutralizantes contra o vírus Zika e a interferência destes no curso da infecção/proteção para os bebês acompanhados. Este estudo pauta-se na importância do acompanhamento de crianças com mães assintomáticas durante a gestação, porém com potencial risco de desenvolvimento de alguma alteração durante seu desenvolvimento. Ademais, espera-se que esse projeto disponibilize informações úteis para a imunização materna ou pós-natal, para quando uma vacina contra o ZIKV estiver disponível.