Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemática dos peixes elétricos do gênero Eigenmannia (Teleostei: Gymnotiformes: Sternopygidae): uma abordagem integrada de dados morfológicos e moleculares

Processo: 18/09445-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Naércio Aquino Menezes
Beneficiário:Guilherme Moreira Dutra
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/19075-9 - Diversidade e evolução de Gymnotiformes (Teleostei, Ostariophysi), AP.TEM
Assunto(s):Filogenia   Ictiologia

Resumo

Apenas usando os métodos da taxonomia tradicional não será possível descrever a maior parte da biodiversidade no planeta antes de sua extinção devido a restrições na identificação de espécies caracterizadas como "impedimento taxonômico". Alternativas, como a utilização da taxonomia integrativa que incluem análises moleculares para delimitação de espécies são propostas no sentido de viabilizar a identificação da biodiversidade de maneira mais rápida, incluindo linhagens crípticas. Nesse projeto será feita uma abordagem da taxonomia do gênero Eigenmannia amplamente distribuído na região neotropical, ocorrendo desde o Panamá até o norte da Argentina. Atualmente, são reconhecidas 20 espécies do gênero, e, em alguns trabalhos, existem indicações de que o grupo pode ser mais diverso. A falta de caracterização das espécies válidas, em especial as descritas no século 19 e início e meados do século 20, mantém Eigenmannia como um dos gêneros com taxonomia mais confusa dentro da ordem. Adicionalmente ao conhecimento taxonômico, o projeto também tem como objetivo investigar as relações filogenéticas das espécies através de uma abordagem de evidencia total para resolver questões sobre a delimitação do gênero bem como o relacionamento entre as espécies.