Busca avançada
Ano de início
Entree

Dimensions US-BIOTA-São Paulo: características preditoras da diversificação adaptativa na Diagonal Seca Brasileira

Processo: 19/04350-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética
Convênio/Acordo: NSF - Dimensions of Biodiversity e BIOTA
Pesquisador responsável:Vera Nisaka Solferini
Beneficiário:Rafael Vergilio
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/03428-5 - Dimensions US-BIOTA-Sao Paulo: características preditoras da diversificação adaptativa na Diagonal Seca Brasileira, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Filogeografia   Fitofisionomias   Biogeografia   Cerrado

Resumo

O Cerrado consiste em um mosaico de fitofisionomias com predominância de savanas, localizado na Diagonal Seca, extenso corredor no centro da região Neotropical. Corresponde a um dos principais hotspots mundiais para conservação e preservação, com a menor porcentagem de áreas protegidas do Brasil. Possui 2,000,000 km2 de extensão (24% do território brasileiro) e altitudes desde o nível do mar até 1800m. Essa grande extensão e variação de altitude proporciona ao Cerrado condições distintas de temperatura, umidade, precipitação, disponibilidade de água, características do solo, fertilidade, entre outras, interferindo na adaptação das espécies e consequentemente, na sua diversidade e distribuição. Para estudar a influência de fatores climáticos-ambientais sobre a distribuição das espécies, torna-se necessário inicialmente investigar quais fatores estão moldando essa distribuição. Ferramentas de metanálise como a Análise das Componentes Principais (PCA) possibilitam verificar os fatores que mais respondem os fenômenos observáveis (no caso, a distribuição das espécies), e proporcionam resultados preliminares para estudar a adaptação de espécies em ambientes tão distintos quanto os presentes no Cerrado. O presente estudo tem como objetivo investigar quais fatores climáticos-ambientais mais interferem na distribuição de espécies no Cerrado, utilizando como organismo de estudo espécies do gênero Acanthoscurria Ausser 1871 (Araneae, Mygalomorphae: Theraphosidae).