Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do perfil de miRNAs de ejaculados de cachaços com diferentes congelabilidades

Processo: 18/12500-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:André Furugen Cesar de Andrade
Beneficiário:Ana Carolina Pedrosa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Andrologia veterinária   Criopreservação animal   Sêmen animal   Expressão gênica   Interferência de RNA   Suinocultura

Resumo

A suinocultura industrial deve sempre prezar pela interatividade e globalização de suas informações e as pesquisas geradas devem atingir o maior número de granjas possíveis, para que o conhecimento seja difundido amplamente. A difusão do sêmen de animais geneticamente superiores é facilitada através do uso do sêmen congelado. Porém, os resultados de congelabilidade obtidos nos centros de reprodução são diferentes e demonstram desempenhos variáveis entre os cachaços utilizados. Diversas análises laboratoriais visam compreender de forma mais clara as causas predisponentes para os estes resultados. Ainda não há um protocolo definitivo de criopreservação do sêmen suíno e, enquanto as pesquisas avançam neste cenário, paralelamente, ocorrem estudos moleculares e, mais especificamente, dos micro-RNAs transcritos nos espermatozoides, que podem regular a expressão gênica e controlar boa parte deste processo nos organismos animais. Os micro-RNAs podem ser diferencialmente expressos durante a espermatogênese, ejaculação e criopreservação. Porém, ainda faltam dados que facilitem o entendimento do comportamento e ação destas moléculas na andrologia suína. Com o objetivo de contribuir com os dados da literatura acerca da regulação da expressão gênica pelos micro-RNAs, o presente experimento visa determinar o perfil de micro-RNAs do plasma seminal e do espermatozoide in natura de cachaços e comparar os resultados encontrados com os resultados de análises laboratoriais complementares, para classificação dos diferentes cachaços quanto à criotolerância de seus espermatozoides. O entendimento mais aprofundado deste processo poderá eleger o perfil de micro-RNAs como um biomarcador da congelabilidade dos machos suínos, uma importante ferramenta adicional para as granjas difusoras de genética. (AU)