Busca avançada
Ano de início
Entree

Dor, procrastinação, incapacidade funcional e cinesiofobia em gêmeos com dor lombar crônica inespecífica: um estudo transversal

Processo: 20/06958-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Amélia Pasqual Marques
Beneficiário:Marina Espíndola Diógenes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dor lombar   Gêmeos   Fisioterapia

Resumo

Introdução: A dor lombar (DL) inespecífica é um sintoma presente em pessoas de todas as idades, sendo atualmente a principal causa de incapacidade global. Estudos recentes mostram a existência de um domínio genético no aparecimento da dor lombar. Quando crônica, a DL passa a afetar de diferentes maneiras os pacientes, trazendo complicações não só físicas que se relacionam diretamente com o desenvolvimento de uma incapacidade funcional, mas que passam a influenciar em sua rotina e qualidade de vida. Objetivo: Avaliar a dor, cinesiofobia, incapacidade funcional e a presença de procrastinação em pares de gêmeos com dor lombar crônica inespecífica. Métodos: Participarão do estudo 51 pares de gêmeos monozigóticos (MZ) ou dizigóticos (DZ), que apresentem DL crônica inespecífica. Os sujeitos serão questionados em relação a variáveis socioeconômicas e clínicas, como variáveis antropométricas, consumo de álcool e tabaco e autorrelato de doenças. Os instrumentos utilizados para a análise das variáveis serão os seguintes questionários: para a avaliação do nível de procrastinação serão aplicada duas escalas a Escala de Procrastinação Irracional (IPS) e Escala de Procrastinação Pura (PPS); Escala Numérica de Dor (END); Questionário de Incapacidade Roland Morris (RMDQ), que avalia a influência das dores na coluna durante atividades do cotidiano e mensura o nível de incapacidade associada a dor lombar; Escala Tampa de Cinesiofobia, nível de concordância em relação a afirmações demonstram a existência/ nível de cinesiofobia do paciente. Resultados esperados: Este estudo torna-se importante, pois pretende estudar a procrastinação para a mudança de hábitos na prática de exercícios, cinesiofobia, intensidade da dor e incapacidade funcional em gêmeos com dor lombar crônica inespecífica (DLCI), visando investigar como estas variáveis podem influenciar no quadro álgico, visando a adoção de um olhar biopsicossocial como aliado ao tratamento de DLCI.