Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação transcultural e validação do Drug Use Disorders Identification Test-Extended e desenvolvimento de um aplicativo digital para triagem, intervenção e encaminhamento de adolescentes com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas

Processo: 21/00926-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Maria Lucia Oliveira de Souza Formigoni
Beneficiário:Richard Alecsander Reichert
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Adolescentes   Intervenção breve   Intervenção baseada em internet   Pessoal de saúde   Usuários de drogas   Triagem   Diagnóstico

Resumo

O uso prejudicial e a dependência de álcool e outras drogas representam uma importante preocupação de saúde pública em nível global, principalmente na adolescência, período em que ainda estão em curso importantes processos de desenvolvimento neurocognitivo, emocional e social. Para reduzir potenciais riscos e danos sociais e à saúde nesta fase da vida, é necessária a formulação de estratégias de detecção, prevenção e tratamento que apresentem melhores indicadores de eficácia e custo-efetividade. Objetivos: Este projeto tem por objetivo realizar a tradução, adaptação transcultural e validação de construto da escala DUDIT-E (Drug Use Disorders Identification Test - Extended) para uso em adolescentes brasileiros e desenvolver sua adaptação para uso como parte de um aplicativo digital, a ser utilizado por profissionais de saúde, destinado à triagem de adolescentes usuários de drogas visando aplicação de uma intervenção breve ou encaminhamento para tratamento. Metodologia: Trata-se de um estudo de métodos mistos, de natureza quantitativa e qualitativa. A amostra será composta por aproximadamente 500 adolescentes ou jovens adultos de 15 a 24 anos de idade. Serão utilizados como instrumentos um questionário de dados sociodemográficos e o Drug Use Disorders Identification Test - Extended (DUDIT-E). Será realizada a tradução da escala para o português do Brasil e, posteriormente, para garantir a confiabilidade da tradução, será adotado o procedimento da retrotradução (backtranslation). Para avaliar a consistência interna do instrumento, será calculado o Alfa de Cronbach, indicador do nível de consistência das respostas dos indivíduos a todos os itens da escala. Após a aplicação do instrumento por meio on-line será avaliada a validade de construto do DUDIT-E por meio de análise fatorial. No segundo estudo será desenvolvido um aplicativo, a ser utilizado por profissionais de saúde, que incluirá uma interface para preenchimento de todas as questões do DUDIT-E e um guia para realização de intervenção breve e encaminhamento para unidades de tratamento, utilizando de georreferenciamento para indicação de locais mais próximos. Após um estudo piloto e ajustes necessários, será solicitado a cerca de 100 profissionais da saúde para que utilizem o aplicativo em sua rotina de atendimento a adolescentes usuários de álcool e outras drogas nos setores de psiquiatria e pediatria da UNIFESP e demais universidades e serviços de saúde. A fim de avaliar a satisfação dos profissionais ao utilizarem o aplicativo, serão realizados grupos focais com entrevistas semiestruturadas. Os dados qualitativos serão analisados por meio da Análise de Conteúdo com o apoio do software Nvivo. Considerações Finais: O projeto visa contribuir para a implementação de procedimentos de avaliação e intervenções baseadas em evidências científicas nos serviços de saúde. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)