Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica temporal da assimetria do andar em pessoas com Doença de Parkinson após a ingestão da primeira dose de levodopa

Processo: 21/09690-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Fabio Augusto Barbieri
Beneficiário:Murilo Henrique Faria
Instituição Sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Parkinson   Controle motor   Assimetria   Levodopa   Teste de Tukey
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Andar | Assimetria | Atividade cortical | Atividade Muscular | Doença de Parkinson | levodopa | Controle Motor

Resumo

A assimetria do andar em pessoas com Doença de Parkinson (DP) é um fator que pode diferenciar a DP de outras doenças neurodegenerativas e tem sido relacionada a uma maior chance de queda durante o andar, isso porque a assimetria pode provocar pior controle e coordenação dos movimentos para o lado mais afetado pela doença. E apesar do tratamento farmacológico parecer amenizar a assimetria entre os membros e a variabilidade do andar, os efeitos da dinâmica temporal do uso da medicação dopaminérgica para pessoas com DP permanecem incertos, especialmente em relação ao membro mais acometido pela doença. Dessa forma, o objetivo deste estudo é investigar o comportamento da dinâmica temporal na assimetria do andar livre após a ingestão da primeira dose matinal da medicação dopaminérgica nos parâmetros espaço-temporais do andar e nas atividades muscular e cortical empessoas com DP. Para tanto, 15 pessoas com DP realizarão o andar livre em estado "OFF" da medicação dopaminérgica e a cada 30 minutos até complementar 3 horas após a ingestão da primeira dose de levodopa (ON 180'). Na tarefa, cada participante será instruído a percorrer, em sua velocidade preferida, uma passarela (8,5 m de comprimento x 3,5 m de largura). Com isso, os participantes realizarão um total de cinco tentativas por momento de avaliação (a cada 30 minutos). O índice de simetria dos parâmetros de interesse (espaço-temporais, EMG e EEG) será comparado por meio de ANOVAs entre os períodos (OFF, ON 0' a 180') Além disso, testes Post hoc de Tukey serão utilizados quando houver interação significativa. Os pressupostos da ANOVA serão testados através do teste de esfericidade (Mauchly) e do teste de igualdade das variâncias (Levene) para o índice de de todas as variáveis usadas no estudo.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)