Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da fibronectina na modulação do fenótipo, migração e invasão de células de OSCC e macrófagos

Processo: 22/01681-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 30 de abril de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Carlos Rossa Junior
Beneficiário:Mayara Cristina Zunareli
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/00394-2 - Invasão e metástase de carcinoma de células escamosas de cabeça e pescoço (HNSCC): relevância e interação entre GALR2 e eferocitose no microambiente tumoral e na disseminação hematogênica, AP.TEM
Assunto(s):Patologia   Microambiente tumoral   Células tumorais   Fibronectinas   Macrófagos   Citometria de fluxo   Técnicas in vitro

Resumo

Células neoplásicas ganham o fenótipo migratório e invasivo passando pela transição epitélio-mesênquima (EMT), que envolve mudanças nos contatos célula-célula (via caderinas) e célula-matriz (via integrinas). Em carcinoma de células escamosas de cavidade oral (OSCC), um constituinte majoritário da matriz extracelular é a fibronectina, sendo seu nível de expressão/quantidade relativa associada a pior prognóstico. A fibronectina têm influência em várias atividades celulares, como adesão, migração, crescimento, diferenciação e pode aumentar a invasão tumoral e metástase. Macrófagos são células apresentadoras de antígeno e estão presentes em grande número no interior de tumores sólidos (TAMs, tumor-associated macrophages), onde podem representar até 50% da massa tumoral. No OSCC, a quantidade de TAMs é inversamente relacionada ao prognóstico. Desta forma, a hipótese deste estudo é que a presença de fibronectina influencia o fenótipo de células tumorais e macrófagos, assim como a migração e invasão de células neoplásicas em co-cultura com macrófagos. Os objetivos específicos são: (I) avaliar o efeito da fibronectina no perfil fenotípico de macrófagos e células tumorais de OSCC: o fenótipo dos macrófagos será avaliado pela expressão de CD11b, CD14, CD163, CD80 por citometria de fluxo e o fenótipo de transição epitélio-mesênquima das células tumorais pela expressão de EpCAM por citometria de fluxo; e (II) avaliar o efeito da fibronectina na migração e invasão de OSCC em co-cultura com macrófagos: a migração será avaliada pelo experimento de in vitro wound healing e a invasão em miogel. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)