Busca avançada
Ano de início
Entree

A Produção do Espaço Urbano e Risco Socioambiental: Vulnerabilidade social nas Áreas de Suscetibilidade de Inundação e Movimento de Massa no município de Ilhabela-SP

Processo: 23/02818-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Raul Reis Amorim
Beneficiário:Gustavo Pinheiro Strini Piedade
Instituição Sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:22/03080-4 - A gestão dos recursos hídricos e os impactos das inundações nas bacias hidrográficas: o estudo da suscetibilidade, vulnerabilidade, exposição e resiliência às inundações em cidades brasileiras, AP.PNGP.PI
Assunto(s):Espaço urbano   Inundações   Riscos   Suscetibilidade   Vulnerabilidade social
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Espaço Urbano | inundações | Movimentos de Massa | Riscos | Suscetibilidade | vulnerabilidade social | Riscos e Vulnerabilidade Social

Resumo

Os casos de inundações e movimentos de massa ocorrem frequentemente nas cidades brasileiras, sobretudo com o processo de produção e reprodução do espaço urbano, de forma acelerada e com desigualdades socioespaciais, ocorridas nas últimas décadas. O presente estudo tem como objetivo analisar a vulnerabilidade dos riscos socioambientais, a partir do levantamento das áreas suscetíveis aos desastres, correlacionado com o avanço da mancha urbanizada no município de Ilhabela para identificar as áreas expostas aos riscos. O recorte geográfico localiza-se na região central da cidade, constituída pelos bairros da Água Branca, Barra Velha, Cocaia, Itaguaçu, Itaquanduba, Perequê e Reino, onde há maior ocorrência de desastres socioambientais e maior concentração populacional do município. Para fazer a análise do estudo serão abordados os conceitos da Teoria da Geografia Urbana, como também de Riscos Socioambientais, com os conceitos de suscetibilidade, vulnerabilidade e exposição. Os métodos para realização da pesquisa têm como base o levantamento e revisão bibliográfica relacionada à temática de estudo e da base cartográfica para construção de um inventário com dados espaciais da região. Também como o uso das geotecnologias, com o sensoriamento remoto, sistemas de informações geográficas e a cartografia digital para processamento de análises espaciais e produção de mapas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)