Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um método computacional para resolução numérica de sistemas lineares esparsos utilizando uma abordagem orientada a objetos

Processo: 09/06312-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Rodrigo Andrade Ramos
Beneficiário:Edson Luis Geraldi Junior
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/04672-4 - Análise e controle de sistemas elétricos de potência, AP.TEM
Assunto(s):Programação orientada a objetos   Sistemas lineares

Resumo

Este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de um algoritmo para a resolução de sistemas lineares esparsos, os quais são frequentemente encontrados em problemas envolvendo sistemas elétricos de potência de grande porte. O objetivo principal deste desenvolvimento é possibilitar que as técnicas desenvolvidas no âmbito do grupo de pesquisa no qual o aluno se insere sejam aplicadas a sistemas elétricos de grande porte, pois tais aplicações não são hoje possíveis devido ao alto custo computacional requerido (derivado do fato de que tais técnicas não exploram a esparsidade na modelagem de tais sistemas). Para que o algoritmo desenvolvido neste projeto possa ser facilmente adaptado de maneira a se encaixar nas técnicas já desenvolvidas pelos demais pesquisadores do grupo, o mesmo precisa ser planejado de forma modular, seguindo conceitos de engenharia de software e de programação orientada a objetos. Pretende-se utilizar a Unified Modeling Language para realizar tal planejamento, de forma que o algoritmo em questão seja desenvolvido de acordo com uma arquitetura comum a todos os demais softwares criados pelos pesquisadores do grupo. O algoritmo desenvolvido ao final deste projeto deverá ser aplicado no cálculo de autovalores para avaliação da estabilidade a pequenas perturbações em sistemas de grande porte, mas não terá seu escopo limitado a esta aplicação, podendo ainda ser utilizado em softwares de estimação de estados e análise de estabilidade transitória mantidos pelos pesquisadores do grupo de pesquisa em questão.