Busca avançada
Ano de início
Entree

Categorias de "foco", "inclusão", "quantidade", "intensidade" e a gramaticalização dos pares conjuncionais correlativos

Processo: 05/00483-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2006
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Histórica
Pesquisador responsável:Rodolfo Ilari
Beneficiário:Marcelo Modolo
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Português do Brasil   Sintaxe   Gramaticalização

Resumo

Examinarei as categorias semântico-cognitivas de foco, inclusão, quantidade e intensidade, responsáveis por acionar o gatilho da gramaticalização dos seguintes pares conjuncionais correlativos: a) aditivo, ex: Essa menina "não só" toca "como também" dança; b) alternativo, ex: "Nem" você "nem" sua gangue vai conseguir algo por aqui; "Ou" você se comporta "ou" eu te mando para o diretor; "Quer" chova "quer" faça sol, o jogo vai prosseguir; Eu sempre como bem, "seja" em casa "seja" em algum restaurante; Ela "ora" trabalha como louca, "ora" fica só vendo televisão; c) comparativo, ex: Minha mulher trabalha "tanto" "quanto" eu; "Quanto mais" eu trabalho, "menos" (eu) realizo e d) consecutivo, ex: Comeu “tanto” “que” passou mal. Entendo aqui como “gatilho”, o fenômeno lingüístico que dispara o processo de gramaticalização dessas estruturas. Os estudiosos da gramaticalização sempre observaram que não são todos os itens lexicais que se sujeitam a alterações, distinguindo-se um setor impermeável de outro setor mais permeável a tais alterações. Pelo menos duas fontes alimentam as alterações lexicais: a integração dos itens em determinados domínios cognitivos (tais como “corpo”, “visão”, “espaço”, “movimento”) e o livre intercâmbio conversacional, quando necessidades pragmáticas nos impelem a introduzir alterações no estoque lexical para dar conta dessas necessidades. Haverá, portanto, um gatilho pragmático e um gatilho cognitivo para as correlatas, aceitando-se a língua como um fenômeno pancrônico. Esse Projeto focará a análise das categorias semântico-cognitivas supracitadas, responsáveis por acionar o gatilho cognitivo da gramaticalização.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)