Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas dinâmicos equivariantes com estruturas especiais

Processo: 07/03519-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Matemática Aplicada
Pesquisador responsável:André Salles de Carvalho
Beneficiário:Fernando Martins Antoneli Junior
Instituição-sede: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas dinâmicos

Resumo

O objetivo principal deste projeto é estudar bifurcações em sistemas dinâmicos (EDO's) equivariantes com estruturas adicionais de rede ou reversibiliade temporal. O fator comum a estas duas classes de sistemas é que são definidas a partir de generalizações da noção de simetria espacial. No caso de uma estrutura de rede, as simetrias espaciais se manifestam como automorfismos do grafo subjacente. No caso de sistemas reversíveis, as simetrias espacias se combinam com a simetria de reversão temporal dando origem a simetrias espaço-temporiais. A presença de simetrias espaço temporais ou simetrias espacias em redes muitas vezes é deviada a uma certa idealização da situação que se está tentando modelar -- tal idealização é comum em modelos matemáticos. Simetrias -- assim como conservação de energia -- são apenas aproximadas em situações reais, no entanto o fato de que muitos dos fenômenos robustos observados nestas situações reais são prontamenteexplicados pela sua presença é uma forte indicação de que elas devem ser incorporadas nos modelos para estes fenômenos.Redes são ubiquas na biologia: exemplos incluem expressão gênica circuitos neurais, cadeias alimentares e transmissão de doenças. Redes são também comuns em outros ramos da ciência e há uma recente explosão de interesse nestes tópicos.Matemáticamente, uma rede pode ser descrita por um grafo direcionado cujos vértices (células) representam variáveis de estado e cujas arestasdirecionadas (flechas) representam interações entre estas variáveis. Os vértices e arestas são equipados com algum tipo de dinâmica, que pode ser a escolha de uma jogada (teoria dos jogos), probabiliade de transição (cadeias de Markov), estados discretos no tempo e no espaço (automatos celulares), ou estados continuos no tempo (EDO's acopladas, que é o caso que nos interessa).Sistemas dinâmicos reversíveis são sistemas dinâmicos com simetria de reveresão temporal, isto é, a simetria leva uma solução em outrasolução, porém invertendo a direção do tempo.Simetrias de reversão temporal estão entre as simetrias fundamentais discutidas nas ciências naturais, principlamente em problemas damecânica clássica em sua formulação hamiltoniana.Sistemas reversíveis apresentam uma mistura de comportamentos típicos de sistemas dissipativos e hamiltonianos. Um exemplo de comportamento tipicamente hamiltoniano é fato de haver um análogo ao teorema KAM para sistemas reversíveis, enquanto que a presença de (pares) de atratores e repulsores é típico em sistemasdissipativos.O tema principal de nossa investigação gira em torno da seguinte questão: como a estrutura especial (reversão temporal ou estrutura derede) influem na dinâmica e as bifurcações destes sistemas de forma robusta. Mais especificamente, como as bifurcações locais -- estacinárias e de Hopf -- são afetadas pela estrutura adicional.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANTONELI, FERNANDO; BAPTISTELLI, PATRICIA H.; DIAS, ANA PAULA S.; MANOEL, MIRIAM. Invariant theory and reversible-equivariant vector fields. Journal of Pure and Applied Algebra, v. 213, n. 5, p. 649-663, MAY 2009. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.