Busca avançada
Ano de início
Entree

Manual de triagem auditiva neonatal utilizando o potencial evocado do estado estavel.

Processo: 04/05838-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Eliane Schochat
Beneficiário:Renata Rezende de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

A identificação das deficiências auditivas nas maternidades é de fundamental importância no contexto mais amplo da saúde auditiva. Juntamente com a triagem nas unidades básicas de saúde, sustenta o melhor prognóstico no tratamento da deficiência auditiva, uma vez que a criança terá a oportunidade de tratamento no primeiro ano de vida e a privação sensorial não terá o mesmo impacto negativo do que uma criança diagnosticada tardiamente. De acordo com os critérios estipulados pela TANU podem ser realizados os seguintes testes: Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico (PEATE), Emissões Otoacústicas (EOA) e Potencial Evocado de Estado Estável (Steady-State Evoked Potential - SSEP), sendo que este último ainda não ainda utilizado como rotina nos serviços de triagem peonatal no Brasil. Um dos usos do PEEE que vem se difundindo está relacionado com a triagem auditiva neonatal, devido às vantagens sobre os métodos mais tradicionais (EOA e PEATE). O que vem despertando a atenção de muitos pesquisadores para os PEAEE é a possibilidade de obtenção de um perfil audiométrico abrangente, através da exploração de cada freqüência, sem um aumento significativo no tempo de avaliação. Os PEAEE apresentam propriedades que permitem uma avaliação mais detalhada e objetiva da audição e tornam possível a configuração de um "audiograma eletrofisiológico". (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)