Busca avançada
Ano de início
Entree

Reabilitacao vestibular com realidade virtual em criancas com vestibulopatias perifericas cronicas.

Processo: 07/56492-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Brasilia Maria Chiari
Beneficiário:Tathiany Silva Pichelli
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Crianças

Resumo

Tema: Reabilitação Vestibular com Realidade Virtual em Crianças com Vestibulopatias Periféricas Crônicas. Objetivo: verificar a melhora do quadro clínico em crianças com vestibulopatias periféricas crônicas submetidas à reabilitação vestibular com realidade virtual, método: A amostra constará de 10 pacientes que farão RV com realidade virtual, baseada em estímulos visuais, controlados pelo computador, que aparecem em lentes de um óculos acoplados à cabeça do paciente. Os pacientas não serão medicados para a tontura. Os pacientes serão submetidos à avaliação otoneurológica e todos os pacientes ou seus pais e responsáveis responderão a um questionário de qualidade de vida, o Dizziness Handicap Inventory (DHI), proposto por Jacobson, Newman (1990), adaptado na versão brasileira por Castro em 2003 (anexo II) e à escala analógica de tontura (Whitney, Herdman, 2002). Além disso, antes de iniciar a RV e logo após sua finalização, serão medidas as mudanças produzidas nos parâmetros das respostas posturais, relacionadas ao centro de pressão, por meio da posturografia computorizada, que também utiliza mudanças dos estímulos somatossensoriais caracterizadas pela modificação da superfície de apoio. Os resultados das avaliações pré e pós RV, relacionados à posturografia, ao DHI e à escala analógica de tontura, serão comparados e submetidos à análise estatística. Resultados esperados: Verificar a eficácia da reabilitação vestibular com realidade virtual nesta faixa etária. Unitermos. Desequilíbrio corporal, Reabilitação Vestibular, Crianças. (AU)