Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do dano axonal em pacientes com esclerose múltipla, utilizando técnicas quantitativas em ressonância magnética

Processo: 99/04879-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2000
Vigência (Término): 30 de junho de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Antonio Carlos dos Santos
Beneficiário:Antonio Carlos dos Santos
Anfitrião: Douglas Lorne Arnold
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa: McGill University, Montreal, Canadá  
Assunto(s):Esclerose múltipla   Espectroscopia   Ressonância magnética

Resumo

Técnicas quantitativas de ressonância magnética (MR), tais como a espectroscopia (MRS), volumetria, relaxometria e índice de transferência de magnetização, têm sido utilizadas na esclerose múltipla (EM), para mensurar o surto inicial, evolução e resposta ao tratamento, além de melhorar a compreensão da sua fisiopatologia. Neste último aspecto, especial atenção têm sido dada para a compreensão do papel da lesão axonal na EM, sua relação com o déficit neurológico e com a apresentação progressiva da doença. Nosso objetivo é avaliar, a longo prazo, um grupo de pacientes com estas técnicas, para quantificar a correlação do dano axonal, na placa e fora dela, com a deficiência clínica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)