Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise estatística e modelagem da rede de fraturas em basaltos da Formação Serra Geral, Ribeirão Preto, SP

Processo: 06/61197-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 02 de junho de 2007
Vigência (Término): 01 de setembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Amélia João Fernandes
Beneficiário:Amélia João Fernandes
Anfitrião: Alain Rouleau
Instituição-sede: Instituto Geológico. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université du Québec à Chicoutimi (UQAC), Canadá  
Assunto(s):Aquíferos   Basalto   Modelos matemáticos   Ribeirão Preto (SP)

Resumo

Há evidências, em Ribeirão Preto, de que existe recarga vertical do Sistema Aquífero Guarani (SAG) através de fraturas dos basaltos do Aquífero Serra Geral em faixa próxima à área de afloramento do SAG. Isto tem consequências para a gestão da quantidade e proteção da qualidade das águas do SAG. O objetivo do estágio no exterior é realizar o tratamento estatístico de parâmetros geométricos das fraturas que cortam os basaltos, modelagem da rede de fraturas e elaboração de modelo conceitual de fluxo de água subterrânea. Com isto, almeja-se contribuir para a modelagem do fluxo de água subterrânea no Aquífero Serra Geral (ASG) e para a estimativa da recarga do SAG através do ASG. Para tal serão utilizados dados de projeto já em andamento (Processo FAPESP 04/11798-4). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.