Busca avançada
Ano de início
Entree

Polimorfismo da "apoA-IV: 360" "Gln-His" e sua associação com longevidade antecedentes mórbidos e aneuploidia do cromossomo-X em idosos residentes na comunidade em São Paulo

Processo: 00/14374-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2001
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marilia de Arruda Cardoso Smith
Beneficiário:Tatiana Flank Ejchel
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil

Resumo

O polimorfismo no locus do gene da apolipoproteína A-IV (apoA-IV) denominado apoA-IV:360 Gln/His codifica a substituição de glutamina (Gin) por Histidina (His) na posição 360 do gene, que está no cromossomo 11. Há evidências indiretas em estudos experimentais, de intervenção e populacionais, sugerindo um papel protetor conferido pela presença da isoforma His da apoA-IV:360 no envelhecimento. Para este estudo, selecionamos 420 indivíduos idosos que participam do projeto EPIDOSO (Estudo Longitudinal Epidemiológico do Idoso - FAPESP). Eles são avaliados clinicamente desde 1992 pela equipe médica e terão seus DNAs genotipados para o polimorfismo da apoA-IV através de PCR seguida de digestão enzimática. O polimorfismo encontrado será relacionado aos antecedentes mórbidos desta população. Pretendemos, ainda, avaliar se há alguma correlação entre o polimorfismo da apoA-IV e a aneuploidia do cromossomo X em mulheres idosas. Para tanto, faremos uma cultura de linfócitos a partir de sangue total coletado de 40 mulheres desta população e, através da técnica de hibridação por fluorescência in situ (FISH), avaliaremos 100 interfases por meio de sonda centromérica do cromossomo X. Estas mulheres serão escolhidas de acordo com o genótipo da apoA-IV e/ou pela idade. (AU)