Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da expressao de moleculas de adesao, de juncoes comunicantes e da matriz extracelular de mastocitomas da especie canina.

Processo: 01/11704-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Maria Lucia Zaidan Dagli
Beneficiário:Emerson Flavio Freitas Mota
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Matriz extracelular   Mastócitos   Moléculas de adesão celular   Conexinas   Mastocitoma   Cães

Resumo

As junções do tipo gap são as junções comunicantes dos tecidos animais. As conexinas são proteínas que compõem essas junções. Considera-se que os genes que codificam para as conexinas possam estar envolvidos no controle da proliferação celular. A expressão de conexina 43 (Cx 43) na membrana citoplasmática de mastócitos murinos em cultura foi demonstrada recentemente. Além dessas interações, os mastócitos humanos expressam vários tipos de moléculas de adesão em sua superfície, entre elas a E-caderina e integrinas. As E-caderinas podem estar envolvidas na regulação de certos estágios de maturação dos mastócitos e na interação célula-célula. Precursores de mastócitos humanos em cultura mostraram alterações das integrinas durante o processo de diferenciação, e podem estar relacionadas com sua capacidade de migração. Células purificadas de mastocitoma canino produziram algumas metaloproteínas, que possuem efeitos degradativos na matriz extracelular, podendo favorecer a infiltração neoplásica. Este trabalho tem como objetivo estudar a expressão de Cx 43, E-caderina e integrinas, em mastócitos e mastocitomas cutâneos caninos através de imunoistoquímica e imunoblot (conexinas), correlacionando com o grau histológico dos mesmos. Paralelamente, a matriz extracelular de mastocitomas de graus I, II e III será estudada através de métodos de histoquímica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)