Busca avançada
Ano de início
Entree


Expressão gênica e proteica da cox-2 e c-Kit em neoplasias mamárias de cadelas

Texto completo
Autor(es):
Rosana da Cruz Lino Salvador
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Juliany Gomes Quitzan; Felipe Augusto Ruiz Sueiro
Orientador: Renée Laufer Amorim; Mirela Tinucci Costa
Resumo

A neoplasia mamária é o tumor mais frequente nas cadelas e seu comportamento biológico assemelha-se com o que ocorre nas mulheres, com isso as cadelas podem ser um excelente modelo natural para estudos em oncologia comparada. A descoberta de proteínas com valor preditivo é importante como alvos terapêuticos específicos para cada tipo de câncer. Os objetivos deste estudo foram avaliar a expressão gênica e proteica de COX-2 e c-KIT em mamas normais, lesões benignas, carcinomas mamários não metastáticos e carcinomas metastáticos de cadelas e correlacioná-las com as variáveis clínicas e epidemiológicas. Para tanto foram utilizadas 124 cadelas portadoras de lesões mamárias e 13 cadelas sem lesões mamárias. Foram formados quatro grupos: G1= mamas normais; G2 = lesões mamárias benignas; G3 = carcinomas mamários não metastáticos e G4= carcinomas mamários metastáticos. A análise de expressão gênica foi realizada pelo método de RT-qPCR e de imunomarcação pelo método de imuno-histoquímica. Foi verificada diferença no nível de transcritos do gene COX-2 nas mamas normais e nos carcinomas metastáticos (p < 0,05) quando comparado com as amostras dos quatro grupos. Na análise do c-KIT não foi verificada diferença estatística do nível de transcritos entre os quatro grupos. Na imunomarcação, quando avaliado o escore final dos grupos na expressão de COX-2 e c-KIT foi observada diferença significativa entre os grupos com p=0,0002 e p=0,0003, respectivamente. A alta expressão de c-KIT ocorreu principalmente nas mamas normais, havendo uma diminuição da expressão do c-KIT com o aumento da malignidade do tecido. O contrário foi observado para a imunomarcação da COX-2 visto que a expressão aumentou com a malignidade do tecido. O marcador COX-2 pode ser um bom indicador prognóstico e preditivo nas neoplasias mamárias de cadelas, porém o c-KIT não pode ser utilizado como marcador independente (AU)

Processo FAPESP: 12/10293-2 - Expressão gênica e proteica da COX-2 e c-KIT em neoplasias mamárias de cadelas
Beneficiário:Rosana da Cruz Lino Salvador
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado