Busca avançada
Ano de início
Entree


Manejo populacional de cães e gatos: métodos quantitativos para caracterizar populações, identificar prioridades e estabelecer indicadores

Texto completo
Autor(es):
Oswaldo Santos Baquero
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernando Ferreira; Marcos Amaku; Francisco Chiaravalloti Neto; Rita de Cássia Maria Garcia; Vanessa Aparecida Feijó de Souza
Orientador: Fernando Ferreira
Resumo

O manejo populacional de cães e gatos é um conjunto de estratégias para controlar e prevenir problemas relacionados com o convívio entre esses animais e os seres humanos. Nesta tese é proposto um fluxo de trabalho baseado em métodos quantitativos, para auxiliar o planejamento, implementação e monitoramento de programas de manejo populacional de animais de companhia. Ao seguir o fluxo de trabalho é possível coletar dados para caracterizar populações, analisar esses dados para propor intervenções e avaliar o efeito das intervenções. A proposta foi baseada na articulação de cinco pesquisas. Na primeira pesquisa foi implementado de um desenho amostral complexo para caracterizar a população de cães e gatos domiciliados de Votorantim, São Paulo. Na segunda pesquisa que foi baseada nos dados levantados na primeira, foram usadas análises de correspondências múltiplas para identificar perfis de opiniões públicas em relação ao abandono de cães e gatos. Na terceira pesquisa foi avaliada a validade do desenho amostral usado na primeira pesquisa, mediante simulações estocásticas. Na quarta pesquisa foi desenvolvido um modelo matemático de manejo populacional que permite priorizar as intervenções de acordo com o efeito que produzem. Na quinta pesquisa foi desenvolvido um modelo matemático para avaliar a eficiência do controle reprodutivo realizado com contraceptivos de efeito reversível. Os modelos das duas últimas pesquisas foram baseados em sistemas acoplados de equações diferenciais e em análises de sensibilidade global e local. A proposta foi implementada em um software de código aberto, o pacote do R capm, que pode ser incorporado na rotina de trabalho dos setores envolvidos no manejo populacional de animais de companhia (AU)

Processo FAPESP: 13/12076-1 - Manejo populacional de cães e gatos: métodos quantitativos para caracterizar populações, identificar prioridades e estabelecer indicadores
Beneficiário:Oswaldo Santos Baquero
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto