Busca avançada
Ano de início
Entree


Revisão e análise cladística dos gêneros de Sasoninae Simon, 1887 (Araneae, Mygalomorphae, Barychelidae)

Texto completo
Autor(es):
Hector Manuel Osório Gonzalez Filho
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Antonio Domingos Brescovit; Facundo Martín Labarque; Fernando Pérez Miles
Orientador: Antonio Domingos Brescovit
Resumo

A família Barychelidae é composta por duas subfamílias, Barychelinae e Sasoninae, com 42 gêneros e 296 espécies. Sasoninae é representada atualmente por quatro gêneros: Sason Simon, 1887, Cosmopelma Simon, 1889, Neodiplothele Mello-Leitão, 1917, e Paracenobiopelma Feio, 1952. Pela primeira vez testamos com uma análise filogenética a relação de todos os gêneros de Sasoninae. A análise é baseada em uma matriz composta por 49 táxons terminais, que inclui no grupo interno 17 espécies de Sasoninae e no grupo externo representantes da subfamília Barychelinae e da família Theraphosidae, e 54 caracteres morfológicos. A análise de parcimônia foi realizada com dois parâmetros: caracteres com peso iguais e pesagem implícita (com diversos valores). A discussão está baseada nos resultados das análises com pesagem implícita de valor k=20, a qual obteve 3 árvores igualmente parcimoniosa, com 200 passos, IC=33, IR=74 e Fit=5.337. Nesta hipótese não foi recuperado o monofiletismo dos gêneros atualmente alocados em Sasoninae. Barychelidae é considerada parafilética uma vez que os gêneros estão divididos em três ramos distintos, sendo que Barychelus badius Simon, 1889, gênero-tipo aparece como sinônimo júnior de Theraphosidae. A análise mostrou que 21 gêneros incluídos atualmente em \"Barychelidae\" formam um grupo monofilético com os demais gêneros de Theraphosidae, sendo este grupo com status rebaixado para Barychelinae, agora em Theraphosidae. Barychelinae é dividida em duas tribos monofiléticas, Barychelini Simon, 1889 e Sasonini Simon, 1887. Os gêneros Ammonius Thorell, 1899, Cyrtogrammomma Pocock, 1895, e Thalerommata Ausserer, 1875, devem ser transferidos de \"Barychelidae\" para outras subfamílias de Theraphosidae. Os gêneros Cosmopelma, Neodiplothele, Paracenobiopelma, Gênero novo 1 e Gênero novo 2, formam um grupo monofilético suportado por duas sinapomorfias e uma homoplasia, e considerado como uma subfamília nova, Cosmopelmatinae subfam. Nov. Baseado na análise apresentada é proposto uma nova diagnose para Sason Simon, 1887. Paracenobiopelma gerecormophila Feio, 1952 é redescrita. Dois novos gêneros monotípicos são propostos para o Brasil (AU)

Processo FAPESP: 15/05290-2 - Revisão e análise cladística dos gêneros de Sasoninae simon, 1887 (Araneae, Mygalomorphae, Barychelidae)
Beneficiário:Hector Manuel Osório Gonzalez Filho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado