Busca avançada
Ano de início
Entree


Desenvolvimento de biossensores para auxílio do diagnóstico do mal de Alzheimer, para quantificação rápida de melatonina e para determinação simples do traço genético de anemia falciforme

Texto completo
Autor(es):
Laís Canniatti Brazaca
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Carlos.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos
Data de defesa:
Membros da banca:
Valtencir Zucolotto; Júlio César Borges; Cristina Kurachi; Julio Cesar Moriguti; Gustavo Silva Wiederhecker
Orientador: Valtencir Zucolotto
Resumo

Nos últimos anos, o desenvolvimento de novas plataformas biossensoras trouxe importantes avanços à área médica, incluindo maior rapidez na detecção de biomarcadores, menor custo de análise e portabilidade. Essa tese traz a descrição do desenvolvimento de três tipos de biossensores que visam à auxiliar o diagnóstico de diferentes doenças. No primeiro capítulo, detalha-se a construção de um dispositivo microfluídico baseado em papel para a quantificação simultânea de dois biomarcadores da doença de Alzheimer: Fetuína B e Clusterina. O dispositivo foi capaz de quantificar as proteínas estudadas de maneira precisa e de baixo custo através do uso de técnicas eletroquímicas e colorimétricas, apresentando limites de detecção na ordem de p-nmol/L. O segundo capítulo trata do desenvolvimento de um imunossensor eletroquímico para a quantificação de melatonina. O dispositivo foi capaz de detectar a biomolécula em amostras biológicas rapidamente e com boa especificidade, diferenciando a melatonina de componentes com alta semelhança estrutural. Por fim, o terceiro capítulo descreve um genossensor eletroquímico para diagnóstico e determinação do traço da doença genética mais comum no Brasil, a anemia falciforme. O sensor foi capaz de diferenciar sequências normais de mutadas de maneira simples e rápida, sendo adequado para o diagnóstico e a determinação de seu traço. Esperamos que os dispositivos aqui apresentados levem à diagnósticos mais acessíveis fornecendo assim melhores condições de saúde à população. (AU)

Processo FAPESP: 15/02623-0 - Novas plataformas para o diagnóstico rápido e precoce do Mal de Alzheimer
Beneficiário:Laís Canniatti Brazaca
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado