Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito de reembasamento, ciclagem mecânica e armazenagem em água sobre a resistência flexural de uma resina acrílica para base de prótese

Texto completo
Autor(es):
Reis, José Maurício dos Santos Nunes
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Araraquara. [2005]. 191 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Faculdade de Odontologia
Data de defesa:
Membros da banca:
Vergani, Carlos Eduardo; Compagnoni, Marco Antônio; Mesquita, Marcelo Ferraz
Orientador: Vergani, Carlos Eduardo
Área do conhecimento: Ciências da Saúde - Odontologia
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos Athena; C@thedra - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UNESP
Localização: Universidade Estadual Paulista. Campus de Araraquara. Faculdade de Odontologia. Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves
Resumo

Este estudo avaliou o efeito do reembasamento da ciclagem mecânica e da armazenagem em água sobre a resistência à flexão de uma resina acrílica para base de prótese (Lucitone 550- L). Os corpos-de-prova foram confeccionados a partir da confecção de lâminas da resina L (64x10x2 mm3), reembasadas (1,3 mm) com quatro reembasadores quimicamente ativados (Kooliner-K, Ufi Gel Hard-UGH, Tokuso Rebase Fast-TR e New Truliner-NT). Além disso, foram confeccionados corpos-de-prova a partir do reembasamento com a própria resina L e corpos-de-prova intactos da resina L. Quarenta corpos-de-prova (64x10x3,3 mm3) foram confeccionados para cada combinação entre os materiais e divididos em quatro grupos (n=10). Os corpos-de-prova foram submetidos aos testes de flexão nas seguintes condições: após polimerização (G1); após armazenagem em água destilada a 37+-1ºC por 30 dias (G2); após ciclagem mecânica flexural de 10.000 ciclos com frequência de 5Hz (G3) e após armazenagem em água a 37ºC por 30 dias, seguida de ciclagem mecânica (G4). Os testes de flexão em três pontos foram realizados em máquina de ensaios mecânicos (5mm/min; span=50mm). A resistência à flexão (MPa) foi calculada na força máxima de ruptura (RM) e no limite de proporcionalidade (RP). A análise de variância em três níveis e o teste de Tukey HSD para comparações múltiplas foram utilizados para determinar a significância estatística dos resultados obtidos (P=0,05). Houve efeito significativo para os fatores Material e Ciclagem mecânica e para interação Armazenagem x Material. A análise dessa interação permitiu observar um aumento significante da RM das amostras L-UGH (50,64 MPa) e L-TR(57,36 MP-a), após armazenamento em água (P=0,001 e 0,016 respectivamente). Foi observado, ainda, que a armazenagem em água aumentou significativamente (P=0,012) a RP somente da combinação L-TR. O reembasamento mediato (L-L) produziu os maiores valores de RM e RP. A ciclagem mecânica diminuiu a RM e a RP de todas as amostras avaliadas. (AU)

Processo FAPESP: 02/11637-5 - Análise da resistência flexural de uma resina acrílica para base de prótese reembasada com diferentes materiais para reembasamento imediato - efeito de ciclagem mecânica e armazenamento em água
Beneficiário:José Maurício dos Santos Nunes Reis
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado