Busca avançada
Ano de início
Entree


Avaliação da filtração direta ascendente em pedregulho como pré-tratamento em sistemas de dupla filtração

Texto completo
Autor(es):
Kuroda, Emília Kiyomi
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Carlos. [2002]. xix,217 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de São Carlos
Data de defesa:
Membros da banca:
Di Bernardo, Luiz; Mendes, Carlos Gomes da Nave; Brandão, Cristina Célia Silveira
Orientador: Di Bernardo, Luiz
Área do conhecimento: Engenharias - Engenharia Sanitária
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca da Escola de Engenharia de São Carlos; EESC/TESE 2880
Resumo

Este trabalho consiste na avaliação do desempenho do sistema composto por filtração direta ascendente em pedregulho seguida de filtração rápida descendente. A investigação experimental foi realizada em instalação piloto, variando-se a taxa de filtração nos filtros ascendente (60 a 240 m3/m2d) e descendente (100 a 240 m3 /m2d) com e sem execução de descargas de fundo intermediárias no ascendente. A água bruta foi proveniente de um manancial superficial com pH entre 6,5 a 7,5, valores de trubidez compreendidos entre 8,5 e 21 unidades de turbidez, cor verdadeira entre 19 e 50 unidades Hanzen e alcalinidade entre 6,7 e 10 mg CaCO3/L. Adicionalmente, verificou-se o comportamento da instalação, para uma condição simulada de ocorrência de pico de turbidez de 380 unidade de turbidez, com curta duração. Em função dos resultados obtidos foi possível realizar considerações com relação à ocorrência de desprendimento/carreamento contínuo de flocos no filtro ascendente e constatar as influências da execução de descargas de fundo intermediárias, com produção de efluentes de melhor qualidade e carreiras de filtração mais prolongadas. O filtro ascendente com taxa de filtração de 120 metros cúbicos por metros quadrados por dia, foi capaz de absorver o pico de turbidez de 380 unidades de turbidez, produzindo efluente pré-filtrado com valores de turbidez entre 0,3 e 5,7 unidades de turbidez, e o filtro descendente, com taxa de filtração de 180 metros cúbicos por metros quadrados por dia, produziu efluente final com valores consistentemente menores que 1 unidade de turbidez, e na maior parte do tempo menores que 0,1 unidade de turbidez. (AU)

Processo FAPESP: 00/01480-6 - Filtracao direta ascendente em pedregulho para o pre-tratamento de agua com turbidez elevada em sistemas de dupla filtracao.
Beneficiário:Emília Kiyomi Kuroda
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado