Busca avançada
Ano de início
Entree


Avaliação da resposta inflamatória durante a hemodiluição normovolêmica aguda

Texto completo
Autor(es):
Marcia Aparecida Portela Kahvegian
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina
Data de defesa:
Membros da banca:
Denise Tabacchi Fantoni; Edimar Alcides Bocchi; Filomena Regina Barbosa Gomes Galas; Luiz Marcelo Sá Malbouisson; Angelo João Stopiglia
Orientador: Denise Tabacchi Fantoni
Resumo

Introdução: A Hemodiluição normovolêmica Aguda (HNA) envolve a retirada do sangue total e concomitante infusão de fluidos de reposição volêmica para manutenção da normovolemia. É uma estratégia que restringe a transfusão de sangue e evita a transmissão de doenças, imunossupressão e outras complicações associadas à transfusão sanguínea. Objetivos: O objetivo deste estudo foi determinar os efeitos de diversos fluidos na resposta inflamatória durante o procedimento de HNA. Métodos: Foram utilizados 28 suínos (n=28; 7/grupo) randomizados nos seguinte grupos: Controle, grupo anestesiado sem HNA; HNA + Amido, os animais foram submetidos a HNA sendo a reposição volêmica realizada com amido hidroxietílico 6% (130/0,4) na taxa de 1 ml de fluido para 1 ml de sangue retirado; HNA + NaCl, animais submetidos a HNA com reposição volêmica realizada com solução de cloerto de sódio 0,9% na proporção de 3:1; HNA + GEL, procedimento de HNA realizado com infusão da gelatina fluida modificada na taxa de 1:1. Os animais foram hemodiluídos durante 30 minutos para o hematócrito de 15%. Foram mensurados os parâmetros hemodinâmicos e foram coletados sangue para realização da hemogasometria e determinação dos níveis plasmáticos de IL-1b, TNF-a, IL-6 e IL-10, além do burst oxidativo de neutrófilos e monócitos circulantes. O lavado broncoalveolar foi coletado para mensuração dos níveis da IL-8 e do burst oxidativo de células pulmonares. O tecido pulmonar foi coletado para análise histológica e para imunoistoquímica para detecção da expressão de COX-2 e Eselectina. A análise estatística foi realizada por meio de provas paramétricas como a análise de variância com medidas repetidas (ANOVA), seguido do teste de Tukey- Kramer e de provas não paramétricas, o teste de Kruskal-Wallis. O grau de significância estabelecido foi de 5% (p < 0,05). Resultados: Os principais resultados deste estudo demonstraram que os animais hemodiluídos tanto com gelatina, como solução de cloreto de sódio 0,9% apresentaram resposta inflamatória mais pronunciada quando comparado aos outros grupos, traduzida no aumento de citocinas (TNF-, IL-6 e IL-10), na expressão de COX-2 e E-selectina no tecido pulmonar, além da observação de edema pulmonar, congestão e colapso alveolar. Apesar destes fatos, a resposta inflamatória estudada no sangue foi considerada de baixa magnitude. Conclusão: Durante a HNA, tanto a gelatina quanto a solução de cloreto de sódio 0,9% promove resposta inflamatória mais intensa quando comparada ao amido hidroxietílico 6% (AU)

Processo FAPESP: 06/53646-1 - Avaliação da resposta inflamatória durante hemodiluição normovolêmica aguda
Beneficiário:Marcia Aparecida Portela Kahvegian
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto