Busca avançada
Ano de início
Entree


Estratégias de utilização de recursos em vespas parasitas do mutualismo figueiras - vespas de figo

Texto completo
Autor(es):
Larissa Galante Elias
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Ribeirão Preto.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Data de defesa:
Membros da banca:
Rodrigo Augusto Santinelo Pereira; Finn Pierre Kjellberg; Paulo Inácio de Knegt López de Prado
Orientador: Rodrigo Augusto Santinelo Pereira
Resumo

Interações ecológicas interespecíficas que resultam em benefício para todos os organismos participantes são conhecidas como mutualismo. No entanto, a troca de benefícios apresenta custos para as espécies participantes. Este fato abre espaço para o surgimento de espécies que adotam estratégias oportunistas, denominadas parasitas de mutualismos. As plantas do gênero Ficus são adequadas para estudos dessas interações, pois apresentam relação mutualística com vespas polinizadoras da família Agaonidae e são exploradas por vespas não-polinizadoras (parasitas do mutualismo). O objetivo desse estudo foi elucidar a biologia larval de vespas não-polinizadoras do gênero Idarnes pertencentes aos grupos carme e flavicollis associadas a Ficus citrifolia no campus da USP em Ribeirão Preto. Foi possível elucidar que a espécie de Idarnes do grupo flavicollis é galhadora, ao passo que a espécie do grupo carme é incapaz de induzir galhas, sendo provavelmente inquilinas específicas da espécie polinizadora. Vespas flavicollis ovipositam nos sicônios antes da polinização e evitam a retaliação pela planta, adotando mecanismo de oviposição semelhante ao das vespas polinizadoras. Vespas carme, por sua vez, depositam seus ovos diretamente dentro do saco embrionário de flores já galhadas, onde se localiza a larva da polinizadora. Contrariando especulações prévias, os resultados mostram que mesmo em espécies próximas filogeneticamente, e.g. grupos flavicollis e carme do gênero Idarnes, podem ocorrer variações acentuadas na biologia e na estratégia de exploração de recursos. (AU)

Processo FAPESP: 06/01981-1 - Estratégias dè utilização dè recursos Èm vespas parasitas dò mutualismo figueiras - vespas dè figo
Beneficiário:Larissa Galante Elias
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado