Busca avançada
Ano de início
Entree


Conectividade insular: um estudo da presença de Spartina alterniflora nas Ilhas de Cananéia e Comprida

Texto completo
Autor(es):
Jonathan Américo Nascimento Ferreira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Sueli Angelo Furlan; Yara Schaeffer Novelli; Jurandyr Luciano Sanches Ross
Orientador: Sueli Angelo Furlan
Resumo

Os manguezais do Sistema Lagunar Cananéia-Iguape, no extremo sul do litoral do estado de São Paulo, possuem, em suas franjas mais externas, a presença da gramínea Spartina alterniflora, que exerce papel fundamental na fixação de sedimentos que poderão se tornar áreas de propagação do mangue. Pioneiras na região alagada do mangue, a Spartina segura e prepara o substrato para as plântulas de espécies de mangue se instaurarem. O mapeamento da Spartina alterniflora nas Ilhas de Cananéia e Comprida, onde estas ilhas margeiam o mesmo canal lagunar, possibilitou identificar as áreas propensas ao seu crescimento. Os pontos de baixa energia do fluxo de água do canal mostraram-se favoráveis ao surgimento de bancos de Spartina. A troca contínua de sedimentos e nutrientes existentes em um ambiente lagunar rico em manguezais, associada à grande capacidade de captação e fixação da Spartina, resultou em um estudo de conectividade entre duas ilhas. (AU)

Processo FAPESP: 07/56907-3 - Conectividade insular: Ilha de Cananéia, SP
Beneficiário:Jonathan Américo Nascimento Ferreira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado