Busca avançada
Ano de início
Entree


Variação em biomarcadores bioquímicos de contaminação em Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) de diferentes portes

Texto completo
Autor(es):
Daniele Caetano da Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São José do Rio Preto. 64 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas.
Data de defesa:
Membros da banca:
Eny Maria Vieira; Cláudia Regina Bonini Domingos
Orientador: Eduardo Alves de Almeida
Resumo

Estudos de alterações bioquímicas em espécies aquáticas expostas a poluentes são abundantes na literatura. Todavia, existem poucas pesquisas voltadas a compreender de que forma animais de uma mesma espécie, mas com pesos diferentes, respondem a contaminantes. Então, identificar a influência deste fator nas respostas de peixes a contaminantes ambientais é extremamente importante para estudos ecotoxicológicos. No presente estudo, tilápias do Nilo de diferentes portes (jovens, adultas de menor peso e adultas de maior peso) foram tratadas com benzo(a)pireno (0,5 mg L-1), diazinon (1,0 mg L-1), cádmio (0,5 mg L-1) e cobre (0,5 mg L-1) por três dias. Após as exposições, as tilápias foram anestesiadas com benzocaína (40,0 mg L-1) e sacrificadas para retirada do cérebro, fígado e brânquias para análise de biomarcadores: tais como de extresse oxidativo (que incluem as enzimas superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e glutationa peroxidase (GPx)); enzimas de fase I e II de biotransformação (7-etoxiresorufina-O-deetilase (EROD) e glutationa S-transferase (GST), respectivamente); enzimas esterases (acetilcolinesterase (AChE) e carboxilesterase (CbE)); e níveis de peroxidação lipídica. Os resultados mostraram que a exposição ao diazinon e ao cádmio provocou inibição das esterases nos fígado e nas brânquias das tilápias adultas. A atividade da SOD e da CAT foi afetada (diminuiu) apenas nas tilápias jovens, enquanto que a GPx foi afetada nas tilápias adultas, porém, esses efeitos não implicaram em aumento nos níveis de peroxidação lipídica dos peixes. Já as enzimas de biotransformação de fase I e II apresentaram indução significativa para a exposição ao benzo(a)pireno nas tilápias jovens e adultas de menor peso, indicando o envolvimento das mesmas na detoxificação do composto. A falta de indução... (AU)

Processo FAPESP: 09/13291-8 - Estudo de variações em biomarcadores bioquímicos de contaminação em Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) de diferentes tamanhos
Beneficiário:Daniele Caetano da Silva
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado