Busca avançada
Ano de início
Entree


Caracterização da erosão hídrica laminar do solo em bacia hidrográfica com base na malha fundiária, por meio de sensoriamento remoto, geoprocessamento e modelagem

Texto completo
Autor(es):
Luiz Henrique Pereira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Rio Claro. 117 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Geociencias e Ciencias Exatas.
Data de defesa:
Membros da banca:
Antonio Marcos Machado de Oliveira; Archimedes Perez Filho
Orientador: Sergio dos Anjos Ferreira Pinto
Resumo

Dentre as diversas formas de erosão, a erosão laminar é um dos principais processos de degradação do solo, acarretando sérios danos ao setor produtivo. Este processo pode ser intensificado devido ao uso inadequado que o homem faz da terra, em especial, nas áreas agrícolas. Para minimizar a degradação ambiental, bem como promover o desenvolvimento sócio-econômico, é necessário a elaboração de um planejamento territorial que vise a manutenção da qualidade do ambiente físico, biológico e social. Tendo a bacia hidrográfica como unidade natural para o planejamento, deve-se considerar que nela estão contidas propriedades rurais, que representam grande barreira ao desenvolvimento das práticas exigidas para a sua gestão, além de colaborar com o processo de erosão dos solos. Neste contexto, a presente pesquisa teve como objetivo estimar o aporte de sedimentos, resultante da erosão hídrica laminar do solo, considerando a fragmentação da área da bacia hidrográfica do ribeirão Monjolo Grande (SP), em termos das propriedades rurais nela contidas, com apoio do modelo preditivo Modificação da Equação Universal de Perda de Solo (MEUPS) e das técnicas de Sensoriamento Remoto e Sistemas de Informações Geográficas. Os resultados obtidos indicaram que a perda relativa de solo por propriedade é dinâmica no tempo e no espaço, de modo que aquela que apresenta, em relação a outras propriedades, porcentagens elevadas de perda no período chuvoso, não necessariamente manterá a taxa relativa na época de estiagem. Observou-se também que a bacia apresenta elevado grau de sensibilidade ao manejo agrícola das terras, sendo que 13 propriedades rurais (que correspondem a 72% da área da bacia) apresentaram alto potencial a processos erosivos, com perdas de solo acima de limites toleráveis, condicionado pela influência antrópica na área (AU)

Processo FAPESP: 07/06284-0 - Caracterização da erosão hídrica do solo em uma bacia hidrográfica com base na malha fundiária, utilizando técnicas de sensoriamento remoto, geoprocessamento e modelagem
Beneficiário:Luiz Henrique Pereira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado