Busca avançada
Ano de início
Entree


Variabilidade vertical de formas de fósforo em função de fontes e doses de fosfatos em semeadura direta

Texto completo
Autor(es):
Dácio Olibone
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Botucatu. 100 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu).
Data de defesa:
Membros da banca:
Roberto Lyra Villas Bôas; Luis Ignácio Prochnow
Orientador: Ciro Antonio Rosolem
Resumo

No presente trabalho foram estudados os efeitos de épocas e doses combinadas de fontes de fosfatos na variabilidade vertical de frações de fósforo no solo em semeadura direta. Em maio de 2003, o triticale foi semeado, em Latossolo Vermelho-distroférrico, em semeadura direta, aplicando-se 3 tratamentos: 1) sem aplicação de fósforo; 2) aplicação de 80 kg ha-1 de P2O5 total de fosfato solúvel (superfosfato triplo) e; 3) 80 kg ha-1de P2O5 de fosfato natural reativo (fosfato natural Arad). A aplicação do P, para ambas as fontes, foi realizada a lanço na superfície antes da semeadura do triticale. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com 4 repetições. A partir do mês de agosto de 2003, após a colheita do triticale, foi semeado o milheto, objetivando elevar a cobertura de palha no solo. No florescimento, o milheto foi dessecado com o uso de herbicida, permanecendo os resíduos sobre o solo. No mês de novembro, após o dessecamento do milheto, foi instalada a cultura da soja em semeadura direta, espaçada 0,45m entre linhas, quando foram estabelecidos os tratamentos com combinações de fontes de fosfato solúvel e fosfato natural aplicado no sulco de semeadura, totalizando 80 kg ha-1 de P2O5 total, constando de: 0% de fosfato solúvel (FS) e 100% de fosfato natural (FN), 20% de FS e 80% de FN, 40% de FS e 60% de FN, 60% de FS e 40% de FN, 80% de FS e 20% de FN e 100% de FS e 0% de FN. O delineamento experimental foi o de parcelas subdivididas, com quatro repetições, onde as fontes de P aplicadas no triticale foram as parcelas e as combinações de FS e FN, foram as subparcelas. Antecedendo a semeadura da soja, coletou-se amostra de solos para as determinações de fósforo orgânico e frações do inorgânico, as quais também foram realizadas após a colheita da soja... (AU)

Processo FAPESP: 03/02974-0 - Variabilidade vertical de fosforo organico e inorganico sob diferentes fontes e dose de fosfato em plantio direto.
Beneficiário:Dácio Olibone
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado