Busca avançada
Ano de início
Entree


Epigramas de Marcial traduzidos por José Feliciano de Castilho : edição, notas e comentários

Texto completo
Autor(es):
Joana Junqueira Borges
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias e Letras (Campus de Araraquara)
Data de defesa:
Membros da banca:
Robson Tadeu Cesila; João Batista Toledo Prado
Orientador: Brunno Vinicius Gonçalves Vieira
Resumo

Buscando contribuir com a pesquisa de traduções lusófonas dos clássicos greco-romanos e com a recepção desses textos em nossas letras, o presente trabalho procurou inventariar, estudar e divulgar a obra tradutória de Marcial realizada por José Feliciano de Castilho, português que viveu no Rio de Janeiro de 1847 até sua morte em 1879. A análise das traduções do luso-brasileiro dá indícios sobre a maneira como o século XIX leu e propagou a obra do poeta de Bílbilis, considerando sua importância como epigramatista e como difusor de uma temática licenciosa e, por vezes, obscena. Propõe-se nesta dissertação um percurso teórico partindo de um panorama da recepção de Marcial no século XIX e na contemporaneidade, a fim de evidenciar as diferentes visões desses períodos. Em seguida o leitor encontrará um estudo de como se deram a leitura e tradução de Marcial por Castilho José, novamente, contrastando-as com a recepção atual desse poeta. Por fim, apresenta-se uma antologia em formato bilíngue dos epigramas contidos na Grinalda da Arte de Amar (1862) com notas e comentários das especificidades de suas traduções (AU)

Processo FAPESP: 11/04944-8 - 50 poemas de Marcial traduzidos por José Feliciano de Castilho: edição, notas e comentários
Beneficiário:Joana Junqueira Borges
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado