Busca avançada
Ano de início
Entree


Interações entre diferentes espécies de Candida na candidose experimental em modelos de invertebrados e vertebrados

Texto completo
Autor(es):
Rodnei Dennis Rossoni
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho". Instituto de Ciência e Tecnologia
Data de defesa:
Membros da banca:
Antonio Olavo Cardoso Jorge; Ewerton Garcia de Oliveira Mima
Orientador: Juliana Campos Junqueira
Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro e in vivo as interações entre as diferentes espécies de Candida por meio da formação de biofilme em placas de 96 poços, indução de candidose experimental em modelo de Galleria mellonella e de camundongos imunossuprimidos. Foram estudadas as cepas padrão das seguintes espécies: C. albicans (ATCC 18804), C. krusei (ATCC 6258) e C. glabrata (ATCC 90030). A partir de cada espécie, foram formados biofilmes monotípicos e heterotípicos no fundo da placa de 96 poços por 48 h. A seguir, a quantidade de biofilme formado foi analisada pela determinação do número de unidades formadoras de colônias (UFC/mL). G. mellonella foi inoculada com suspensões homotípicas e heterotípicas de Candida (105 células/mL) e incubadas a 37°C. Durante 5 dias, o número de lagartas mortas foi avaliado diariamente para análise da curva de sobrevivência. Em outro experimento, após 0, 2, 4, 8, 12 e 24 h da infecção por Candida, a hemolinfa das lagartas foi extraída para contagem das células fúngicas (UFC/mL). Para a indução da candidose bucal em camundongos, os animais foram inoculados com suspensões microbianas homotípicas ou heterotípicas contendo 108 células/mL. Após 48 h da última inoculação, amostras do dorso da língua foram coletadas e semeadas em ágar cromogênico HiCrome para contagem de UFC/mL recuperadas da cavidade bucal. Em seguida, os animais foram eutanasiados e as línguas retiradas para análise macroscópica e microscópica. A análise dos dados de UFC/mL dos biofilmes in vitro, de Candida na hemolinfa de G. mellonella e da recuperação dos camundongos foi feita por Análise de Variância, Teste de Tukey ou t de Student. A análise da curva de sobrevivência foi realizada utilizando o teste Log-rank (Mantel-Cox). Para avaliação dos escores obtidos na análise macroscópica e histológica foram aplicados os testes de Krusk-Wallis ou Mann-Whitney ... (AU)

Processo FAPESP: 11/15194-0 - Interações entre diferentes Espécies de Candida na candidose experimental em modelos de invertebrados e vertebrados
Beneficiário:Rodnei Dennis Rossoni
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado