Busca avançada
Ano de início
Entree


Toxicidade do óleo de nim (Azadirachta indica A. JUSS) na espermatogênese de Ceraeochrysa claveru (NAVÁS, 1911)(Neuroptera: Chysopidae) : estudo citoquímico, imunocitoquímico e ultraestrutural

Texto completo
Autor(es):
Ana Silvia Gimenes Garcia
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu).
Data de defesa:
Membros da banca:
Elaine Cristina Mathias da Silva Zacarin; Daniela Oliveira Pinheiro
Orientador: Patrícia Fernanda Felipe Pinheiro; Daniela Carvalho dos Santos
Resumo

O uso da agricultura orgânica vem crescendo devido à conscientização da sociedade sobre a importância do consumo de alimentos livres de agrotóxicos e inseticidas tão prejudiciais à saúde. Assim, a busca pela preservação dos recursos naturais também está em crescimento, juntamente com a agricultura orgânica e do manejo integrado de pragas. Na busca por insetos que possam ser utilizados no controle biológico, sendo esta uma importante ferramenta na agricultura orgânica e manejo integrado de pragas, os crisopídeos vem se mostrando um forte agente controlador, uma vez que suas larvas são predadoras de diversos ovos e larvas de insetos pragas de diferentes culturas comerciais. Com o propósito de avaliar o efeito do óleo de nim, um extrato vegetal com propriedades bioinseticidas, sobre os crisopídeos, ovos de Diatraea saccharalis foram tratados com óleo de nim em três diferentes concentrações e oferecidos como alimento a larvas de Ceraeochrysa claveri, avaliando deste modo o efeito da ingestão do óleo de nim na fase larval sobre a morfologia do testículo durante o desenvolvimento de C. claveri, assim como sobre o processo de espermatogênese deste predador. Foram utilizadas a análise histológica, ultraestrutural e imunocitoquímica para a avaliação da toxicidade do óleo de nim sobre as células do testículo de C. claveri; sendo esta avaliação realizada em testículos de larvas de terceiro instar, pupas e adultos. As análises demonstraram que a morfologia dos testículos varia de arredondado em larvas, para alongado em pupas e espiralado em adultos, enquanto sua coloração varia de esbranquiçado a amarelo intenso, respectivamente. Os testículos são recobertos por túnica externa e túnica interna, esta última emitindo septos, que dividem o testículo em dois folículos. As células germinativas são agrupadas em cistos, rodeados por células císticas somáticas. Esses cistos são constituidos por ... (AU)

Processo FAPESP: 12/02879-7 - Toxicidade do óleo de nim (Azadirachta indica A. Juss) na espermatogênese de Ceraeochrysa claveri (Navás, 1911) (Neuroptera: Chrysopidae): estudo citoquímico, imunocitoquímico e ultraestrutural
Beneficiário:Ana Silvia Gimenes Garcia
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado