Busca avançada
Ano de início
Entree

Lucí Hidalgo Nunes

CV Lattes GoogleMyCitations ResearcherID


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Geociências (IG)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Bolsista produtividade (CNPq) e membro da Academie Royale des Sciences D Outre-Mer, Bélgica. Bacharel e licenciada em Geografia (USP), mestre em Geografia Física (USP), doutora em Engenharia (USP) e livre-docente em Geografia (UNICAMP). Trabalhou na Fund. Brasileira para a Conservação da Natureza, na Univ. de Mogi das Cruzes, no Inst.Geológico/SMA, e na UNICAMP, e foi cientista visitante do Hadley Centre, Reino Unido e da Universitat de Barcelona, Espanha. Tem experiência em extremos climáticos e impactos no meio urbano, desastres naturais, percepção ambiental e divulgação de temas climáticos. Orientou cerca de 100 estudantes em diferentes níveis e tem cerca de 180 publicações em variados formatos. Participou de mais de uma centena de bancas entre trabalhos de conclusão e julgadoras e de mais 150 eventos científicos, vários internacionais, tendo organizado mais de 30. Participa(ou) de mais de 20 projetos científicos e de conselho editorial de numerosas revistas, tendo integrado o conselho científico de vários eventos. Recebeu em 2011 a Cátedra Santander. (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 17/08/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Avanço do mar: impactos das mudanças climáticas em Santos

Publicado em 23 de agosto de 2017 - Agência FAPESP. O Projeto Metrópole apresenta estratégias de adaptação aos impactos das mudanças climáticas em Santos. A pesquisa mostra que o nível do mar pode aumentar entre 18 e 23 cm até 2050 na cidade portuária e o custo da não adaptação às mudanças climáticas é no mínimo cinco vezes maior. O estudo considerou apenas prejuízos imobiliários. Pesquisadores estimam que, se nada for feito, perdas podem dobrar de valor ao se considerar áreas como saúde.

Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

PATERSON, SHONA K.; FELLING, MARK; NUNES, LUCI HIDALGO; MOREIRA, FABIANO DE ARAUJO; GUIDA, KRISTEN; MARENGO, JOSE ANTONIO. Size does matter: City scale and the asymmetries of climate change adaptation in three coastal towns. GEOFORUM, v. 81, p. 109-119, . Citações Web of Science: 7. (12/51876-0, 14/14598-8)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: