Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Savanna woodland soil micromorphology related to water retention

Título (Português): Micromorfologia de solo sob cerradão em relação à retenção de água
Texto completo
Autor(es):
Carlos Eduardo Pinto Juhász ; Miguel Cooper ; Patrícia Ribeiro Cursi ; André Oppitz Ketzer ; Raul Shiso Toma
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Scientia Agricola; v. 64, n. 4, p. 344-354, Ago. 2007.
Resumo

The limiting factors of the Brazilian savanna physical environment have been largely discussed. Soil morphology is fundamental to understand the behavior of soil water flow, soil physical properties and soil-landscape relationships. The aim of this study is to relate soil micro and macromorphologic attributes to soil water retention on a toposequence under native savanna woodland (cerradão) in a permanent plot of 320 m <FONT FACE=Symbol>&acute;</FONT> 320 m installed in Assis, SP, Brazil. Samples collected at five points within the toposequence were used to determine the soil macroporosity by means of image analyses, estimated total porosity, chemical analysis, particle size distribution analysis and soil water retention. From the summit down to the footslope, the soils were classified as Rhodic Haplustox, Typic Haplustox and Epiaquic Haplustult, presenting a gradual color transition and a sandy loam texture. In the surface horizons, the higher organic matter content and the high total macroporosity determined a lower soil bulk density and lower water retention. In the Oxisols, the high soil macroporosity results from the packing of microaggregates in the oxic horizon. In the Ultisol, the lower total porosity in the deeper horizons resulted in a higher water retention and an imperfect water drainage. The water retention conditions on the slope influenced the morphological differences in soil color and structure. The low water retention on the surface and oxic horizons, conditioned by the high total macroporosity, is one of the factors that may define the vegetal pattern of the savanna woodland within the permanent plot. (AU)

Resumo

Os fatores limitantes do ambiente físico do Cerrado têm sido muito discutidos. Porém, o detalhamento da morfologia do solo torna-se fundamental à compreensão do seu funcionamento físico-hídrico e sua relação com a paisagem. O objetivo deste estudo foi relacionar os atributos macro e micromorfológicos à retenção de água no solo em uma toposseqüência sob cerradão em uma parcela permanente de 320 <FONT FACE=Symbol>&acute;</FONT> 320 m, instalada em Assis, SP. Amostras coletadas em cinco pontos distribuídos na toposseqüência foram utilizadas para determinar a macroporosidade do solo por análise de imagens, porosidade total estimada, análise química, granulometria e retenção de água no solo. De montante a jusante, os solos foram classificados como Latossolo Vermelho, Latossolo Vermelho-Amarelo, Latossolo Amarelo e Gleissolo Háplico, apresentando uma transição gradual de cor e textura franco-arenosa. No horizonte de superfície, o maior teor de matéria orgânica e a elevada macroporosidade total determinaram menor densidade do solo e baixa retenção de água. Nos Latossolos, a microestrutura do solo consistiu principalmente em aglomerados de microagregados, ocasionando uma elevada macroporosidade no horizonte diagnóstico. No Gleissolo, a menor porosidade total nos horizontes mais profundos resultou em uma maior retenção de água e drenagem imperfeita. As diferenças morfológicas de cor e estrutura do solo foram influenciadas pelas condições de retenção de água na vertente. A baixa retenção de água nos horizontes de solo superficiais e latossólicos, condicionada pela elevada macroporosidade total, é um dos fatores que pode definir o padrão vegetacional de cerradão na parcela permanente. (AU)

Processo FAPESP: 04/08374-8 - Caracterização físico-hídrica dos solos da área da Estação Ecológica de Assis
Beneficiário:Patrícia Ribeiro Cursi
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo FAPESP: 04/04799-4 - Relação solo-água-vegetação em uma topossequência localizada na Estação Ecológica de Assis, SP
Beneficiário:Carlos Eduardo Pinto Juhász
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo FAPESP: 99/09635-0 - Diversidade, dinâmica e conservação de árvores em florestas do estado de São Paulo: estudos em parcelas permanentes
Beneficiário:Ricardo Ribeiro Rodrigues
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático