Busca avançada
Ano de início
Entree

Nova geração de inibidores de região switch de RNA polimerase

Processo: 18/08398-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2018 - 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Convênio/Acordo: National Research Foundation, África do Sul
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Flavio da Silva Emery
Beneficiário:Flavio da Silva Emery
Pesq. responsável no exterior: KellyChibale
Instituição no exterior: University of Cape Town (UCT), África do Sul
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/21146-4 - Explorando a química heterocíclica e a epigenética para o desenvolvimento de compostos de interesse químico medicinal, AP.R
Assunto(s):Química médica  Desenvolvimento de fármacos  Tuberculose  RNA polimerases  Brasil  África do Sul  Cooperação internacional 

Resumo

Este projeto visa construir um programa colaborativo de descoberta de fármacos contra a tuberculose capaz de incrementar as capacidades científicas das parceiras FCFRP/USP e H3D/University of Cape Town. Para tal, será utilizado como ponto de partida a oportunidade de explorar a enzima RNA Polimerase de Micobacterium tuberculosis, visando desenvolver novos inibidores para este alvo sub-explorado. Esta cooperação científica, por meio de um plano robusto de desenvolvimento de inibidores da região "switch" de RNA Polimerase, além de ampliar o escopo de atividades de cada instituição, possibilitará a formação de uma equipe totalmente integrada e de capacidades complementares para formação de um programa de descoberta de fármacos envolvendo Brasil e África do Sul. Ademais, a proposta se caracteriza por ser uma excelente oportunidade de treinamento para cientistas em início de carreira. A equipe de pesquisa envolvida no projeto é multidisciplinar e desenvolverá uma série de atividades, incluindo workshops, treinamento, reuniões científicas e experimentos para gerar resultados e produtos inovadores para o potencial tratamento de tuberculose. As atividades previstas para o projeto serão analisadas criticamente para gerar os resultados científicos esperados e preparar o caminho para uma futura submissão de projetos que darão suporte para a colaboração de longo prazo esperada. (AU)