Busca avançada
Ano de início
Entree

Integração cana-de-açúcar/pecuária: modelagem e otimização

Processo: 17/11523-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - Temático
Vigência: 01 de março de 2019 - 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Antonio Maria Francisco Luiz Jose Bonomi
Beneficiário:Antonio Maria Francisco Luiz Jose Bonomi
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Otavio Cavalett
Pesq. associados:Adriano Pinto Mariano ; Alexandre Berndt ; André May ; Bruna de Souza Moraes ; Carlos Eduardo Driemeier ; Edvaldo Rodrigo de Morais ; Fernando Rodrigues Teixeira Dias ; George Jackson de Moraes Rocha ; Geraldo Bueno Martha Junior ; Isabelle Lobo de Mesquita Sampaio ; João Luís Nunes Carvalho ; José Ricardo Macedo Pezzopane ; Juliana Aparecida Fracarolli ; Juliana Conceição Teodoro ; Luís Gustavo Barioni ; Marcelo Pereira da Cunha ; Marcelo Zaiat ; Marcos Djun Barbosa Watanabe ; Marília Ieda da Silveira Folegatti Matsuura ; Mateus Ferreira Chagas ; Muriel de Oliveira Gavira ; Nariê Rinke Dias de Souza ; Nilza Patrícia Ramos ; Patricia Menezes Santos ; Priscila de Oliveira ; Ricardo de Oliveira Bordonal ; Rubens Maciel Filho ; Sergio de Zen ; Sergio Raposo de Medeiros ; Tassia Lopes Junqueira ; Teresa Cristina Alves ; Terezinha de Fátima Cardoso ; Thiago Bernardino de Carvalho
Assunto(s):Agricultura  Biorrefinarias  Cana-de-açúcar  Modelagem  Simulação por computador  Sustentabilidade  Agrossilvicultura 

Resumo

A produção de bioenergia, em especial os biocombustíveis líquidos, tem sido promovida para aumentar a segurança energética e reduzir os impactos das mudanças climáticas. No entanto, a expansão da produção de biocombustíveis com base em culturas de alimentos e seus impactos no uso da terra originaram o debate "alimentos vs. bioenergia". Ao mesmo tempo, a pecuária é a atividade humana com maior território ocupado no planeta, com pastagens e áreas agrícolas dedicadas à produção de alimentos para gado. A pecuária nacional apresenta baixa produtividade média devido ao manejo extensivo, ao baixo uso de insumos e à baixa tecnificação. Neste contexto, a integração da produção de etanol com a pecuária pode melhorar o uso de terra, pois sistemas mais intensivos podem manter, ou mesmo aumentar, a produção de alimentos enquanto reduzem o uso da terra. É possível, portanto, expandir a área destinada à produção de biocombustíveis sem deslocar o cultivo de alimentos ou a pecuária, que, por sua vez, poderiam avançar em áreas de vegetação natural. Este projeto objetiva a otimização de um sistema integrado para produção sustentável de alimentos e bioenergia, considerando as sinergias entre as cadeias produtivas da cana-de-açúcar (considerando processos de 1ª e 2ª geração), pecuária bovina e outras culturas (ex. milho, cana-energia, soja e amendoim). A Biorrefinaria Virtual de Cana-de-Açúcar (BVC) - uma plataforma computacional que simula toda a cadeia produtiva e avalia os impactos de sustentabilidade de diferentes alternativas/rotas de biorrefinaria - será utilizada neste projeto. Modelos computacionais representativos de cada sistema, com base em dados experimentais e de literatura, e metodologias de avaliação de sustentabilidade serão desenvolvidos e integrados para a otimização dos impactos econômicos, ambientais e sociais da integração de cana-de-açúcar e pecuária. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.