Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sistema portátil de medição de emissões para veículos flex

Processo: 17/26931-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de abril de 2019 - 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Transportes - Veículos e Equipamentos de Controle
Pesquisador responsável:Flavio Guilherme Vaz de Almeida Filho
Beneficiário:Flavio Guilherme Vaz de Almeida Filho
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Empresa:
CNAE: Testes e análises técnicas
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
CNAE: Testes e análises técnicas
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: São Paulo
Pesq. associados:Maria de Fátima Andrade
Assunto(s):Poluentes  Emissão de gases 

Resumo

Devido à importância dos veículos como fonte de poluentes atmosféricos, os Estados Unidos e a Europa, e posteriormente também o Brasil, adotaram programas de controle de poluição veicular baseados na homologação de veículos por meio de ensaios em laboratório que, no entanto, são considerados pouco representativos em relação ao "mundo real" e sujeitos a fraudes. Para superar estas dificuldades, a Europa adotou a partir de 2017 um teste adicional, onde o veículo percorre ruas e estradas acoplado a um sistema portátil de medição (Portable Emission Measurement System - PEMS) e deve atender os limites legais de emissões. Esta metodologia de teste está em vias de implantação em diversos países, inclusive no Brasil. No entanto, há um problema, de que o PEMS é uma tecnologia 100% importada e de alto custo, onde o usuário tem acesso apenas a um pacote fechado ("turn-key") que mede apenas CO2, CO, NOx e HC, além de ser um sistema grande e pesado, que dificulta sua utilização em veículos compactos. O objetivo deste projeto multidisciplinar e interdepartamental é desenvolver, com apoio da CETESB, um PEMS de dimensões reduzidas e com custo menor que seus similares importados, capaz de realizar medições de poluentes em veículos leves e motocicletas movidos a gasolina, etanol ou flex. A medição dos gases por meio de analisador laser irá atuar em conjunto com sistemas de medição de fluxo de escape, posicionamento GNSS e aquisição de dados da central eletrônica do veículo, resultando em dados relevantes de emissões produzidas pelo veículo em situações de uso real. Este sistema será uma ferramenta útil para a USP, CETESB, fabricantes e para pesquisadores acadêmicos para estudos de legislações de poluição e de poluição atmosférica. (AU)