Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de apoio à tomada de decisão e gestão de resíduos sólidos utilizando inteligência computacional

Processo: 18/22621-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2019 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Raphael Augusto Fagliari
Beneficiário:Raphael Augusto Fagliari
Empresa:Verdaz Gestão Sustentável e Consultoria Ambiental Ltda (Verdaz)
Município: São José do Rio Preto
Pesquisadores principais:Julio Cesar Momente ; Leandro Bertini Lara Gonçalves ; Ludwin Lope Cala ; Marcelo Oliveira da Silva
Pesq. associados: Aline Chitero Bueno Fagliari ; Luis Augusto Gomes Rocha
Assunto(s):Gerenciamento de resíduos  Resíduos sólidos  Mineração de dados  Tomada de decisão  Sistemas imunológicos artificiais  Desenvolvimento sustentável  Logística reversa  Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) 

Resumo

O desenvolvimento sustentável, a conservação e a proteção do meio ambiente são assuntos que despertam a atenção de todos os setores da sociedade, incluindo o poder público e as empresas. Essa preocupação é notória e a discussão sobre o tema em âmbito nacional levou a elaboração de legislações e normas norteadas pelo conceito da sustentabilidade, tal como a Lei Federal nº 12.305 de 02 de agosto de 2010 que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A Lei fortaleceu os princípios da gestão integrada e sustentável de resíduos, instituindo, dentre outras novidades, a responsabilidade compartilhada, a logística reversa, os planos de gerenciamento de resíduos sólidos e, mais recentemente, os planos de Logística Reversa. Somado aos aspectos legais, a forte demanda de mercado por negócios alinhados com a sustentabilidade, principalmente referente a gestão de seus resíduos sólidos, cresce consideravelmente. Logo, em um mercado que prima por organizações sustentáveis, todos os membros da cadeia produtiva de diferentes setores devem conhecer e gerir os requisitos legais que norteiam as práticas relativas aos resíduos, garantindo o acondicionamento, armazenamento, transporte, destinação, logística reversa e disposição final ambientalmente adequados, atendendo a vasta legislação vigente de forma segura, eficaz e moderna, justificando essa pesquisa. Dessa forma, o presente projeto tem por prerrogativa o desenvolvimento comercial do Sistema Actio LR, tecnologia desenvolvida em 03 módulos para gestão de resíduos sólidos, de pontos de coleta e da logística reversa. Para tal, prevê-se a implementação de mecanismos computacionais como Mineração de Textos e Aprendizado de Máquina, de modo a aprimorar os processos de tomada de decisão no âmbito da gestão de resíduos. As metodologias adotadas serão: mineração de textos para o módulo de gestão de resíduos sólidos, que se apresenta como uma estratégia para extração de conhecimento a partir de um grande conjunto de informações, sendo que o conjunto de informações a ser utilizado compreende as legislações federais e do estado de São Paulo, além de normas técnicas que dispõem sobre resíduos sólidos. Além disso, o método de Sistemas Imunológicos Artificiais será adotado para melhorias e modernização do processo e do módulo de Logística Reversa. O método de Sistemas Imunológicos Artificiais compreende uma ampla gama de algoritmos que se inspiram no funcionamento do sistema imunológico dos animais. Por sua inspiração vir de redes de comunicação (entre células do sistema imunológico) já existentes na natureza, ele é apresentado por como um bom solucionador da tarefa de logística reversa. Além disso, técnicas de detecção de outliers podem vir a ser implementadas objetivando a descoberta em tempo real de alguma falta ou erro no processo de logística como, por exemplo, um caminhão de coleta que passe num ponto de coleta fora da janela de tempo habitual. Como resultado, espera-se aprimorar comercialmente e tornar mais robusto tecnologicamente o sistema Actio LR com estratégias computacionais inovadoras, aplicadas na descoberta de conhecimento com maior acurácia, auxiliando a tomada de decisões para gestão de resíduos sólidos, de forma mais autônoma, ou semi-autônoma, possível. O presente sistema beneficiará administrações públicas e privadas que tenham necessidade de gerenciar de forma integrada e mais eficaz seus resíduos, permitindo um melhor cumprimento de suas metas, fornecendo informações para definir práticas e processos de aspectos relacionados a geração, rotinas de gestão, movimentação, destinação e logística reversa, sempre amparadas na legislação vigente. (AU)