Busca avançada
Ano de início
Entree

Resinas odontológicas bioativas com adição de nanotubos de dióxido de titânio com brometo de alqui trimetil amônio

Resumo

O objetivo desse estudo será desenvolver uma resina adesiva experimental contendo nanotubos de dióxido de titânio (TiO2) com brometo de alquil trimetil amônio (ATAB). Os nanotubos de TiO2 serão sintetizados por método hidrotérmico; caracterizados quanto à morfologia, por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e microscopia eletrônica de transmissão (MET), e ligações químicas por espectroscopia no infravermelho (FTIR) e micro-Raman. Os nanotubos de TiO2 serão misturados ao composto quaternário de amônio ATAB para formulação da carga, a qual também será analisada quanto à morfologia e ligações químicas, além do perfil de liberação de ATAB. Uma resina adesiva experimental será formulada com 66.66% de Bisfenol A Glicerolato Dimetacrilato (BisGMA) e 33,33% de 2-hidroxietil metacrilato (HEMA), além de um sistema iniciador. A carga composta por nanotubos de TiO2 e ATAB será adicionada em 1; 2,5 e 5% em massa à resina adesiva, além de haver um grupo sem a adição da carga que será usado como controle. As resinas adesivas experimentais serão avaliadas quanto ao perfil de liberação de ATAB, grau de conversão e cinética de polimerização, ângulo de contato e energia livre de superfície, radiopacidade, amolecimento em solvente, resistência à flexão e módulo de elasticidade imediato e longitudinal, deposição mineral, resistência de união à microtração imediata e longitudinal, atividade antimicrobiana imediata e longitudinal, citotoxicidade. O conhecimento científico gerado será transferido sob forma de uma tese de doutorado e será divulgado por meio de comunicados à imprensa leiga, publicação de artigos em revistas científicas e apresentações em congressos científicos. Será feito o pedido de depósito de patente do material desenvolvido. (AU)