Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de kit liofilizado de nanopartícula de albumina para linfocintilografia e estadiamento de linfonodo sentinela

Processo: 19/16439-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2020 - 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Nuclear - Aplicações de Radioisótopos
Pesquisador responsável:Aryel Heitor Ferreira
Beneficiário:Aryel Heitor Ferreira
Empresa:Nanoradiopharmaceuticals Pesquisa e Desenvolvimento Ltda
CNAE: Fabricação de medicamentos para uso humano
Fabricação de preparações farmacêuticas
Município: São Paulo
Pesquisadores principais:Ademar Benévolo Lugão
Pesq. associados:Caroline Cristiano Real Gregório ; Daniele de Paula Faria ; Fabio Luiz Navarro Marques ; Lucas Freitas de Freitas ; Mara de Souza Junqueira
Bolsa(s) vinculada(s):20/10781-3 - Desenvolvimento de kit liofilizado de nanopartícula de albumina para linfocintilografia e estadiamento de linfonodo sentinela, BP.PIPE
Assunto(s):Linfocintilografia  Linfonodo sentinela  Nanopartículas  Albuminas  Compostos radiofarmacêuticos 

Resumo

A diferenciação do tumor nos estádios 0 e I, quando ainda está circunscrito a sua forma primária ou invadiu tecidos adjacentes, sem comprometer o sistema linfático, dos estádios II a IV, quando começa a ser observado comprometimento do sistema linfático e metástases distantes é amplamente utilizada pela comunidade médica para definir se a quimioterapia sistêmica é necessária após a cirurgia para muitos subtipos de câncer. A biópsia cirúrgica e posterior análise histológica de linfonodos sentinelas localizadas nas proximidades do tumor primário tornaram-se o padrão ouro na identificação de tumores metastáticos de mama e melanoma e está sendo cada vez mais usado no tratamento de vários outros tipos de tumores sólidos incluindo cólon, cabeça e pescoço, pênis, gástrico, pulmão e ginecológico. Técnicas de imagem em medicina nuclear tornaram-se importante ferramentas na detecção precoce de carcinomas, monitoramento da progressão da doença e avaliação de respostas terapêuticas, sendo uma atraente estratégia para monitorar de forma não invasiva os linfonodos sentinela. Atualmente a combinação da marcação com corantes, e radiocolóides de 99mTc é a técnica de detecção, associada a uma análise patológica posterior (biópsia), com maior aceitação na prática clínica pelos altos valores de especificidade e sensibilidade. O objetivo deste projeto é a elaboração de um plano de negócio, estudo de mercado, produção em larga escala e comercialização de nanopartículas de albumina sintetizadas por método alternativo, baseado na reticulação induzida por radiação ionizante que possui interesse clínico na detecção de linfonodos sentinela. Além de constituir uma unidade produtiva, seguindo as normas nacionais e internacionais de Boas Práticas de Fabricação e Controle de Medicamentos, iniciando sua produção em escala industrial de Kits estéreis e liofilizados de nanopartícula de albumina. Representando esta empresa uma oportunidade de desenvolvimento e padronização de Kits liofilizados a serem utilizados pela comunidade médica nuclear brasileira. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Treinamento técnico em nanotecnologia em startup apoiada pelo PIPE