Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2019/18572-7: equipamento de ensaio de tração in-situ

Processo: 22/07927-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de setembro de 2022 - 31 de agosto de 2029
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Evaldo Jose Corat
Beneficiário:Evaldo Jose Corat
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/18572-7 - Novos materiais de carbono: suas aplicações espaciais, ambientais e spin offs relevantes, AP.TEM
Assunto(s):Engenharia de superfícies  Grafenos  Carbono amorfo  Tribologia  Revestimentos  Aquisição de equipamentos  Equipamentos multiusuários  Infraestrutura de pesquisa 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Engenharia de Superfície | Grafeno | Revestimentos de carbono amorfo | Tribologia de revestimentos DLC | Superfícies, revestimentos e interfaces inovadores

Resumo

Esta proposta dá continuidade e incrementa os projetos relativos ao Diamante-CVD, o Diamond-Like Carbon (DLC) e materiais relacionados, inclusive os carbonos nanoestruturado baseados em nanotubos de carbono (NTC) e Grafenos, e, nanocompósitos envolvendo estes materiais. Desenvolvimentos de tratamentos de superfícies a plasma e por laser ganham caráter fundamental. Serão enfatizados: o desenvolvimento específico da deposição de diamante monocristalino, com criação de infraestrutura para produção de sementes próprias e de polimento fino (rugosidade ~1nm); as deposições de diamante-CVD policristalino e nano cristalino (DNC); a produção de nanopartículas de diamante a partir do diamante CVD; evolução em diamond-like carbon (DLC), incluindo o novo DLC-Like Carbon; as deposições de superfícies de nanotubos de carbono (NTC); os estudos de aderência e tensões em filmes de diamante-CVD, DNC, DLC e DLC-Like; as modificações de superfícies a plasma e/ou a laser, pré e pós deposição destes materiais, com a sintonia das propriedades de superfícies. Estudos de aplicações destes materiais: em tribologia e lubrificantes sólidos, sensores resistentes a radiação, gerenciamento térmico, supercapacitores, absorvedores de radiação eletromagnética, radiômetros, sensores ambientais, degradação de poluentes, obtenção de água potável, óptica de raios-X, aplicações biológicas e aplicações industriais e espaciais. Destacam-se os subprojetos originais: células betavoltáicas; plataforma de filtragem de vírus para a detecção do SARS-CoV-2; superfícies antivirais; eletrodos em DLC dopado depositado sobre VACNT para tratamento de efluentes; tribologia com grafeno formado "in operando" sobre filmes de cobre e; dopagem e modificação de VACNT e grafeno para funcionar como catalisador ou suporte de catalisador. Os recursos são para equipamentos, materiais e serviços, para caracterizações, aperfeiçoamento de novos reatores e novas técnicas buscando a inovação científica e tecnológica, auxílio na formação de recursos humanos, manutenção e ampliação de cooperações nacionais e internacionais. Os diversos itens necessitam de pesquisas fundamentais e demonstram alto potencial de inovação e de oportunidade de transferência para o setor produtivo, característico do histórico de atuação da equipe. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)