Busca avançada
Ano de início
Entree

Substrato neural de respostas comportamentais a estimulos aversivos.

Processo: 96/03716-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 1996 - 31 de agosto de 1998
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Francisco Silveira Guimaraes
Beneficiário:Francisco Silveira Guimaraes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Serotonina  Aversão  Hibridização in situ  Estresse  Proto-oncogenes 

Resumo

A capacidade de lidar com estímulos aversivos estão intimamente relacionados a distúrbios psiquiátricos prevalentes como a ansiedade e depressão. O principal objetivo deste projeto é o de investigar o papel da serotonina e outros neurotransmissores (glutamato, neuropeptídios e oxido nítrico) nas respostas a estímulos estressantes aversivos. O estudo empregará 3 abordagens: 1. psicofarmacológica: micro-injeções de drogas com efeitos seletivos sobre os neurotransmissores em estudo em regiões relacionadas a respostas frente a eventos aversivos, como a substância cinzenta periaquedutal dorsal e hipocampo. Os efeitos comportamentais dos tratamentos serão avaliados pelos modelos de imobilização e labirinto em cruz elevado. 2. Molecular. Utilizando a técnica de hibridização "in situ", investigaremos a expressão do RNAm de receptores de 5HT, kainato, proto-oncogenes como o c-fos e c-jun e neuropeptídios (CCK, CRH) em cérebro de ratos submetidos a modelos de ansiedade e depressão. O efeito de ansiolíticos e antidepressivos nesta expressão também será estudado. Além disso, a expressão das proteínas Fos e Jun serão investigados por imunohistoquímica nos modelos acima. 3. Neuroquímica: autoradiografia de receptores 5HT1A em modelo de depressão. (AU)