Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de síndrome metabólica em pacientes com síndrome antifosfolípide primária

Processo: 09/14784-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2010 - 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Jozélio Freire de Carvalho
Beneficiário:Jozélio Freire de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Reumatologia  Doenças cardiovasculares  Trombose  Trombofilia  Síndrome antifosfolipídica 

Resumo

A Síndrome Antifosfolípide é caracterizada por eventos trombóticos e perdas gestacionais de repetição e é considerada a trombofilia adquirida mais comum. Quando não está associada a alguma doença do tecido conectivo é dita primária e seu tratamento é baseado em anticoagulação por longo período com varfarina. É uma doença auto-imune associada a alto risco cardiovascular e se acredita que os anticorpos antifosfolípides sejam capazes de induzir disfunção endotelial, influenciando na vasodilatação e funcionando como gatilho para aterosclerose acelerada que é observada em muitos pacientes. A Síndrome metabólica é caracterizada por um estado de resistência à insulina, intolerância à glicose, hiperinsulinemia, aumento dos níveis plasmáticos de triglicérides, diminuição dos níveis plasmáticos de HDL-colesterol e hipertensão arterial. Indagamos se pacientes com SAF e SM teriam maiores riscos cardiovasculares, por apresentarem outros fatores que sabidamente predispõem a doença cardiovascular como hipertensão, dislipidemia, hiperglicemia e obesidade associado ao fato de que ambas as doenças apresentam similaridades em sua patogenia em relação a disfunção endotelial. Apesar de se admitir a importância da SM como fator de risco cardiovascular na população geral e em portadores de doenças reumáticas em particular, pouco se sabe sobre a sua prevalência e seus riscos em pacientes com SAF primária, até o momento, não encontramos nenhum artigo na literatura internacional sobre essa possível associação. Desse modo, o objetivo deste estudo é avaliar a prevalência de SM em pacientes com SAF primária, comparando com uma população de controles saudáveis; avaliar a relação da SM com outros fatores de risco cardiovascular e inflamação. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, C. E. M.; VENDRAMINI, M. B.; BUENO, C.; BONFA, E.; DE CARVALHO, J. F. Adipocytokines in primary antiphospholipid syndrome: potential markers of low-grade inflammation, insulin resistance and metabolic syndrome. CLINICAL AND EXPERIMENTAL RHEUMATOLOGY, v. 30, n. 6, p. 871-878, NOV-DEC 2012. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.