Busca avançada
Ano de início
Entree

Feixe externo de íons para caracterização não destrutiva de objetos arqueológicos e obras de arte do patrimônio cultural

Resumo

O objetivo do projeto visa à caracterização e autenticação de objetos de arte e/ou arqueológicos, por meio de métodos de análise elementar não destrutiva com feixes iônicos através da busca e identificação de elementos químicos presentes nestes. Em objetos de arte e arqueológicos buscamos elementos traçadores que possam caracterizar uma obra de arte. Essa pesquisa da composição elementar de objetos de arte e arqueológicos, através da análise de elementos químicos presentes nos objetos, vem permitindo a identificação de processos de fabricação utilizados pelas diferentes culturas, de procedência e em particular no caso de análise de tintas e pigmentos em objetos de arte, permite correlacionar com a época histórica, origem, autenticidade, etc. Nas medidas de caracterização e identificação dos elementos existentes nas obras de arte pretende-se utilizar e construir um o arranjo de feixe externo no Laboratório de Análise de Materiais por Feixes Iônicos (LAMFI) do Instituto de Física da Universidade de São Paulo, exclusivo para estas análises arqueométricas. O atual arranjo de feixe externo é improvisado, como será descrito mais adiante, e necessita de adaptações e melhorias para uso exclusivo para a análise arqueológicas propostas neste projeto. Neste novo arranjo experimental proposto utilizar-se-á técnicas analíticas não destrutivas como Emissão Induzida de Radiação X por partículas (PIXE), Emissão Induzida de Radiação gama por partículas (PIGE) e Retroespalhamento Rutherford (RBS) que acopladas poderão caracterizar quase todos os elementos químicos da tabela periódica e deste modo melhor caracterizar os objetos fornecendo em alguns casos até as espessuras das camadas de materiais presentes e assim auxiliar na identificação, autenticação ou mesmo determinação da tecnologia empregada e consequentemente o período histórico de um determinado objeto. Esse projeto deverá também introduzir a análise por Luminescência Induzida com Íons em objetos arqueológicos e do patrimônio cultural com feixes iônicos, e esta nova análise permitirá complementar a exame elementar com a identificação de ligações químicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Pinturas escondidas