Busca avançada
Ano de início
Entree

Possível interação entre a via do Wnt, a expressão de genes homeobox e sua correlação com fatores angiogênicos em linhagens celulares de carcinoma epidermóide oral

Processo: 10/51502-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2011 - 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Francisco Gorgônio Nóbrega
Beneficiário:Francisco Gorgônio Nóbrega
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Neovascularização patológica  Neoplasias  Carcinogênese bucal  Carcinoma de células escamosas  Proteínas Wnt  Receptores de fatores de crescimento do endotélio vascular 

Resumo

Terapias anti-angiogênicas baseadas no bloqueio do VEGF têm se mostrado promissoras no tratamento do câncer, sugerindo a existência de interações entre células endoteliais e tumorais. Essa interação pode se dar devido a ativação de diferentes vias de sinalização, dentre elas, a via do Wnt. Adicionalmente, a hipótese de que genes envolvidos na embriogênese participem de modo importante na carcinogênese, como é o caso dos genes homeobox, tem sido investigada na literatura. Assim, o presente estudo tem como objetivo principal analisar a possível relação entre a via do Wnt, o VEGF e a expressão de genes homeobox em carcinomas epidermóides orais humanos na busca de novos candidatos a alvos terapêuticos no câncer de boca. Serão utilizadas duas linhagens celulares de carcinoma epidermóide de boca (UMSCCI4A e 14B) e uma linhagem de fibroblastos de mucosa bucal que serão expostas a meio condicionado por células endoteliais. O nível de expressão basal e a inibição de VEGF serão avaliados por ELISA, e seu efeito na proliferação e invasão das células tumorais será avaliado pelo método da sulforodamina B e por ensaios de invasão respectivamente. Para analisar se o bloqueio da via de sinalização do Wnt exerce algum efeito sobre o VEGF secretado pelas células endoteliais e tumorais o Wnt será bloqueado pela proteína DKK1, e a expressão de b-catenina avaliada por Western blot. Esses dados serão correlacionados com a expressão quantitativa de 84 genes homeobox. (AU)