Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação neuropsicológica e análise de funções corticais superiores em crianças com fissura labiopalatina

Processo: 10/09748-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2010 - 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Merighi Tabaquim
Beneficiário:Maria de Lourdes Merighi Tabaquim
Instituição-sede: Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/18293-9 - Caracterização das funções neuropsicológicas de sujeitos com fissura labiopalatina, BP.TT
11/07542-8 - Caracterização das funções neuropsicológicas de sujeitos com fissura labiopalatina, BP.TT
Assunto(s):Neuropsicologia  Testes neuropsicológicos  Fissura palatina 

Resumo

A investigação neuropsicológica na infância é empregada para mensurar o desempenho da criança nas diferentes áreas da atividade mental, sendo a sua prática caracterizada fatores sociais, culturais, linguísticos, étnicos, faixa etária e características próprias de cada patologia. A avaliação neuropsicológica envolve o estudo do comportamento por meio de recursos diferenciados como entrevistas, testes padronizados e questionários, que procuram indícios comportamentais relativamente sensíveis e precisos. Este estudo tem o objetivo de investigar as funções neuropsicológicas de escolares com fissura labiopalatina, de ambos os sexos e idade entre 7 e 12 anos de idade. Serão utilizados as Matrizes Progressivas Raven e o Exame Neuropsicológico, composto por dez conjuntos de provas e sub-provas que avalia em cada uma delas aspectos específicos da dinâmica funcional cerebral, promovendo o mapeamento qualitativo das áreas corticais e suas associações, por meio das habilidades motoras, perceptivas, cognitivas, de memória e linguagem. Os registros dos desempenhos atendem aos critérios de pontuação e equivalência estatística, permitindo a análise quanti-qualitativa dos resultados. A efetivação desta pesquisa permitirá maior compreensão das disfunções neuropsicológicas no campo da fissura labiopalatina. (AU)