Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do metabolismo e função das lipoproteínas de alta densidade (HDL) em pacientes diabéticos tipo 2 com e sem doença coronária obstrutiva

Processo: 10/51826-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2011 - 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Whady Armindo Hueb
Beneficiário:Whady Armindo Hueb
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças cardiovasculares  Doença da artéria coronariana  HDL-Colesterol  Diabetes mellitus 

Resumo

A doença cardiovascular (DCV) é responsável por 80% dos óbitos dos pacientes com diabetes mellitus tipo 2 (DM2). As razões para essa alta mortalidade ainda não estão totalmente compreendidas. DM2 afeta o metabolismo de lípides, levando à dislipidemia, caracterizada por hipertrigliceridemia e baixa concentração plasmática de HDL-colesterol, acompanhada de alterações nas proteínas de transferência de lípides, a CETP e a PLTP. As transferências de lípides afetam principalmente a formação e o metabolismo da HDL, a lipoproteína responsável pelo transporte reverso do colesterol e de importante papel anti-aterogênico no plasma. Como ocorrem perturbações marcantes do status metabólico da HDL no DM2, é fundamental compreender as alterações nessa lipoproteína que podem no DM2, resultar na perda da proteção contra o desenvolvimento de DCV proporcionada pela HDL. O objetivo deste trabalho é investigar se a transferência para a HDL dos quatro principais lípides da sua composição está alterada no DM2 e se possíveis alterações estão relacionadas com o desenvolvimento da DCV ou à proteção anti-DCV nesses pacientes. Para isso estudaremos 80 pacientes com DM2 portadores de DCV obstrutiva, 80 pacientes com DM2 e artérias coronárias angiograficamente normais, 80 pacientes sem DM2 com DCV e 80 indivíduos não-diabéticos e sem DCV. A quantificação da transferência de lípides será feita por ensaio in vitro através de uma nanoemulsão artificial padrão usada como doadora de lípides radioativos para a HDL e serão avaliados outros fatores envolvidos no processo de transferência como a CETP, PLTP, LCAT e composição da HDL e suas subfrações. Os resultados desta investigação poderão contribuir para o esclarecimento de corno o DM2 altera o metabolismo da HDL e como essas alterações podem influir no desenvolvimento de DCV nos pacientes com DM2. (AU)