Busca avançada
Ano de início
Entree

Analgesia por infusão intravenosa contínua de opióides em equinos submetidos à sinovite carpal com lipopolissacarídeo

Processo: 12/06296-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Adriano Bonfim Carregaro
Beneficiário:Adriano Bonfim Carregaro
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Pesq. associados:Renata Gebara Sampaio Dória
Assunto(s):Anestesiologia veterinária  Sinovite  Equinos  Butorfanol  Metadona  Morfina  Tramadol 

Resumo

O estudo objetiva avaliar a eficácia da infusão intravenosa contínua de morfina, burtofanol, metadona ou tramadol no controle da dor em equinos com sinovite carpal aguda, induzida por lipopolissacarídeo (LPS). Serão utilizados doze equinos adultos e hígidos, machos ou fêmeas, com peso entre 350 - 500kg. Os animais serão submetidos ao modelo de sinovite, administrando-se 0,5ng de LPS na articulação radiocarpiana direita ou esquerda e, 3 horas pós-LPS, serão submetidos a dois dos quatro tratamentos propostos, a saber: Grupo morfina (Mo), consistindo em um bolus IV de 0,15mg/kg de morfina seguido de infusão contínua de 0,1mg/kg/h; Grupo butorfanol (B), com bolus inicial de 25¼g/kg de butorfanol seguido de infusão contínua de 25¼g/kg/h; Grupo metadona (Me), com bolus inicial de 0,5mg/kg de metadona seguido de infusão contínua de 0,5mg/kg/h, e grupo tramadol (T), com bolus inicial de 1,5mg/kg de tramadol seguido de infusão contínua de 1mg/kg/h. Todas as infusões serão mantidas por um período de três horas. Serão avaliados grau de claudicação, frequência cardíaca, pressão arterial sistólica, temperatura e motilidade intestinal antes do LPS (basal), em 90 min, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, 14, 16 e 24 h pós-LPS. Espera-se que um ou mais tratamentos sejam eficazes no controle da dor articular naqueles equinos e que, em decorrência da dose e modo de administração, acredita-se que os efeitos adversos do uso de opioides em equinos seja minimizado, o que garantirá analgesia considerável e estabilidade fisiológica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARREGARO, ADRIANO B.; FREITAS, GABRIELLE C.; RIBEIRO, MARTINA H.; XAVIER, NATHALIA V.; DORIA, RENATA G. S. Physiological and analgesic effects of continuous-rate infusion of morphine, butorphanol, tramadol or methadone in horses with lipopolysaccharide (LPS)-induced carpal synovitis. BMC Veterinary Research, v. 10, DEC 21 2014. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.