Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlation between mini-mental state examination and platelet ADAM10 expression in Alzheimer's disease

Resumo

Estudos anteriores demonstraram uma diminuição na expressão de ADAM10 plaquetas em pacientes com doença de Alzheimer (DA) se comparado a indivíduos saudáveis. A associação entre testes cognitivos e biomarcadores moleculares, como ADAM10 plaquetária, pode contribuir para um diagnóstico mais precoce e preciso da doença. O objetivo desta pesquisa foi investigar se os déficits cognitivos na DA, avaliados pelo MEEM teriam correlção com os níveis plaquetários da ADAM10 no intuito de contribuir para um diagnóstico mais eficaz da DA. Os doentes idosos com DA provável (n = 30), diagnosticados pelos critérios NINCDS-ADRDA, agrupados de acordo com Clinical Dementia Rating (CDR), e um grupo controle não-DA (n = 25), pareados por idade, sexo e nível de escolaridade foram avaliados). As proteínas plaquetárias foram analisadas em SDS-PAGE (10%) e a expressão da ADAM10 foi analisada por Western Blotting, utilizando um anticorpo monoclonal para detectar esta proteína. A ²-actina foi utilizada como controle endógeno. As membranas foram desenvolvidas utilizando o kit colorimétrico Amplified Opti-4CN e as bandas imunoreativas foram medidas com o software Quantity One. O coeficiente de correlação de Spearman entre ADAM10 e o MMSE foi obtido para cada grupo. A razão do MEEM dos sujeitos com DA (0,45 ± 0,32) foi significativamente diferente (p <0,001) em comparação com o grupo não-DA (1,14 ± 0,07). A relação entre a razão do MEEM e a expressão da ADAM10 foi significativa (r = 0,62, p = 0,0003) para o grupo DA. A combinação dos dois parâmetros, ADAM10 e MEEM no ponto de corte d 0,87 apresentou uma sensibilidade de 85% e uma especificidade de 97%, (AUC 0,99, IC 95% 0,92 -1,00), o que foi significativamente melhor do que o diagnóstico da doença utilizando somente o MEEM ( p = 0,05) ou somente a expressão da ADAM10 (p = 0,18) em separado. A associação dos dois parâmetros, expressão da ADAM10 e resultados do MEEM, foi significativamente melhor em comparação com a utilização das variáveis isoladas, para o diagnóstico da DA. Tais resultados indicam uma nova ferramenta, a saber, um biomarcador sanguíneo (ADAM10) para o diagnóstico da DA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MANZINE, PATRICIA REGINA; BARHAM, ELISABETH JOAN; CARVALHO DO VALE, FRANCISCO DE ASSIS; SELISTRE-DE-ARAUJO, HELOISA SOBREIRO; IOST PAVARINI, SOFIA CRISTINA; COMINETTI, MARCIA REGINA. Correlation Between Mini-Mental State Examination and Platelet ADAM10 Expression in Alzheimer's Disease. JOURNAL OF ALZHEIMER'S DISEASE, v. 36, n. 2, p. 253-260, 2013. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.